Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

País procura psiquiatra...

Guilherme Diaz-Bérrio, 30.06.11

 

 

 

Nesta última semana reforcei uma conclusão que já vinha alimentar há bastante tempo: Portugal precisa, urgentemente, dum psiquiatra e de um divã!

 

A "Mente Colectiva" anda com as prioridades trocadas. Esta semana morreram Salvador Caetano (2 Abril 1926 - 27 Junho 2011) e Angélico Vieira (31 Dezembro 1982 - 28 Junho 2011). Um era o icone do que hoje chamamos a "Geração Morangos com Açucar", uma geração que vive à base da gratificação rápida. Morreu num acidente de viação. A imprensa não parou de falar no assunto, na dor, na perda. Poucos falaram ou referiram questões como morrer num acidente de viação, circulando sem segurança, a alta velocidade. Foi elevado, pela psique colectiva, a Martir.

 

A Geração Morangos com Açucar ganhar o seu segundo Martir depois de ter tido um curto Idolo.

 

 

Outro era um self-made man. Um dos últimos empreendedores em Portugal que subiu a pulso. Tinha a quarta classe, e hoje deixa um império empresarial. Criou empregos. Criou riqueza. Lutou contra as agruras da vida. Tornou fraquezas em força. Sai de cena como nota de rodapé.

 


Esta semana percebeu-se bem porque o País se encontra no estado em que está: 

Idolatramos gratificação imediata e irresponsabilidade, ignoramos trabalho arduo e subir pelo nosso próprio pulso, sem favores.

 

Claramente, Portugal precisa de um psiquiatra. No minimo, andamos com prioridades trocadas e uma total inversão de valores.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.