Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

A Direita, os Bombeiros do Povo

Paulo Pinheiro, 18.05.11

No mapa político europeu quem governa mais são partidos de Direita e de Centro-Direita. Tendo em conta as distinções, pode dizer-se que os liberais e os conservadores estão sozinhos a governar em 17 países e em coligação com partidos socialistas ou social-democratas em mais quatro países.

 

Se formos conferir a história política recente de Portugal, o maior crescimento económico desde o 1974 verificou-se sobre a governação de Cavaco Silva. Logo a seguir a este período de "vacas gordas" o PS de Guterres assume o lugar e em 2002, quando a coligação PSD-CDS liderada por Durão Barroso assume as funções de governação apercebem-se que o país "está de tanga". O típico despesismo público provocado pelos socialistas.

 

Tendo sido uma década perdida para Portugal, tendo em conta que em 10 anos o PS governou sempre sozinho em 7 anos e meio, cada vez mais se leva a crer que a Direita é sempre chamada à governação pelos eleitores em situações de crise económica, reconhecendo-se que o rigor e a responsabilidade são seu apanágio. Ao contrário da Esquerda...

 

A Europa também é exemplo disso, sendo que as últimas previsões apontam que haja crescimento económico a partir de 2012 em todos os países... menos em Portugal...

 

Em jeito de curiosidade, no panorama europeu, por coincidência (ou talvez não), Grécia, Espanha e Portugal são excepções à regra: são hoje os únicos governos minoritários de esquerda...

 

Para que se perceba bem: Pôr o Sócrates a gerir 78 mil milhões de euros, é como dar um isqueiro a pirómano e pedir-lhe que vá limpar a mata...

 

Somos aquilo que merecemos! Espero que Portugal saiba merecer no dia 5 de Junho...

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.