Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Incrédulo

Diogo Agostinho, 06.05.11

PS (36%) ultrapassa PSD (34%) e Direita fica sem maioria

 

Nunca José Sócrates o temível Primeiro-Ministro esteve tão frágil e tão vulnerável. E o que assistimos? A sondagens como estas.

 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Diogo Agostinho 06.05.2011

    Qual foi o desgaste de ontem? As rádios a passarem o Catroga a dizer que ainda vai ser pior?
  • Imagem de perfil

    Rui C Pinto 06.05.2011

    Haja alguém com realismo... O problema é que seja o Catroga o único... Gostava de ver também outros ex-líderes a dizê-lo.

    O problema de fazer o discurso do realismo político é que é preciso toda a gente a fazê-lo ao mesmo tempo. Se for só meia dúzia a fazer esse discurso, passam por velhos do Restelo...

    Assim foi apelidado o Medina Carreira durante anos, e afinal as suas previsões estavam certas e anteciparam-se até... Assim foi Manuela Ferreira Leite. Assim será esta direcção do PSD se não houver mais gente a dar voz ao seu discurso.

    Ontem, José Sócrates teve o primeiro banho de realidade no show ininterrupto que nos tem vendido do país-paraíso-falido-mas-feliz à beira mar plantado, com o seu Ministro das Finanças e todas as entidades externas que com ele negociaram a desmentir o seu optimismo e a dizer a realidade de austeridade que se avizinha.

    Não estou a retirar-te razão de que a campanha seja ineficaz. Estou a tentar dizer-te que a solução não é ir atrás dos métodos do pseudo-Eng. e seus mestres de campanha.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.