Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Incrédulo

Diogo Agostinho, 06.05.11

PS (36%) ultrapassa PSD (34%) e Direita fica sem maioria

 

Nunca José Sócrates o temível Primeiro-Ministro esteve tão frágil e tão vulnerável. E o que assistimos? A sondagens como estas.

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rui C Pinto 06.05.2011

    k., não leve a mal, mas isso só pode ser alucinação.

    Mas o que é que vocês querem? Querem fazer um merge dos programas eleitorais e ir a eleições em coligação? Querem firmar um compromisso de coligação pós-eleitoral?

    É que isso que diz é ridículo! É claro que se qualquer um dos partidos vencer as eleições com minoria será obrigado a entendimentos, agora esse apelo dias antes de começar uma campanha eleitoral é uma coisa assim muito rara.

    Eu compreendo que queiram poupar-se a uma campanha eleitoral muito desgastante em que se crispará ainda mais o discurso por consequência da irresponsabilidade na governação dos últimos 6 anos.

    Tentar condicionar o discurso da oposição pela necessidade de entendimento posterior, faria todo o sentido dada a necessidade de estabilidade política do país, mas teria exigido ao Partido Socialista que fizesse o mea culpa pela situação a que conduziu o país e tivesse apresentado um novo candidato a primeiro-ministro. Isto seria o mínimo exigível para falarmos em capacidade de diálogo e entendimentos políticos.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.