Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Sócrates, Cidadão do Mundo

jfd, 30.03.11

No Brasil

 

COIMBRA - O primeiro-ministro demissionário de Portugal, José Sócrates, saiu irritado da Universidade de Coimbra, onde acompanhou a homenagem ao ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, com as perguntas sobre o possível socorro financeiro do Brasil a Portugal. "Isso não é questão de ajudar ou não. Temos que manter uma boa relação", afirmou José Sócrates. 

"Não bastassem os (jornalistas) portugueses, agora os brasileiros também?", questionou Sócrates, referindo-se à insistência da imprensa sobre a questão. Sócrates saiu vaiado da Universidade e a polícia portuguesa foi bastante truculenta com os jornalistas e as pessoas que estavam no local. (...)

 

Em Espanha

 

El primer ministro portugués se parece a un conductor que avanza a toda velocidad por la autopista en dirección contraria, convencido que son todos los demás automovilistas los que se equivocan. Los gobiernos europeos y las instituciones comunitarias dan por hecho que Portugal no puede salir de la crisis sin asistencia financiera, pero José Sócrates les contradice a todos diciendo que que el país puede superar sus problemas con sus propias fuerzas. Después de ser derrotado en el Parlamento ha presentado su dimisión y ha lanzado a su partido, el socialista, de frente y a toda velocidad contra la oposición liberal-conservadora, esperando que en el último momento un volantazo de buena suerte le permita dar la vuelta a las encuestas y regresar victorioso. (...)

 

Em Angola

 

(...) 

Socrates, who is expected to stay on as caretaker prime minister until the election, says a bailout would undermine a weak economy and demand too many sacrifices from the nation.

He accused the main opposition Social Democrats (PSD), who lead in opinion polls, of provoking the political crisis without presenting any alternatives and accused them of having "already surrendered to aid from the IMF"

 

Na Turquia

 

(...) Socrates has repeatedly denied Portugal needs outside funds. A rescue would be “damaging” to Europe and support the “domino theory, in which one goes after the other,” he said on March 25 (...)

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.