Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

É preciso ter lata

Ricardo Campelo de Magalhães, 14.03.11

É preciso ser fino.

No dia da maior manifestação contra privilégios da "Geração dos Direito Adquiridos", um dos seus maiores proponentes junta 8 000 almas no Campo Pequeno para assobiar para o lado, quando ELE é tão ou mais responsável do que Sócrates pela situação.

E mais: Ainda tem a suprema lata de se "solidarizar" com a manifestação que o ataca.

 

Ele, que acaba de confessar em entrevista à ANTENA UM, que há dezassete anos que não sabe o que é dar uma aula.

Ele, cujo salário é inteiramente pago pelo Estado, tal como se estivesse a dar aulas (e não pelas quotas do sindicato, como num país decente).

Ele, um professor que está há 17 anos sem dar uma única aula, e que pensa estar em condições de discutir a politica educativa do país.

Ele, que reinvindica direitos para quem já tem tantos que é um fardo incomportável para as novas gerações.

Ele, que fez com que os professores Portugueses sejam um dos melhores pagos na Europa, em termos absolutos.

 

É preciso ter lata.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    jfd 14.03.2011

    Pergunta à Essi.
  • Imagem de perfil

    Essi Silva 14.03.2011

    É proibida até constitucionalmente. Mas a de extrema esquerda não. Enfim.

    O Salazar teve pontos a favor e muitos negativos. O balanço é geralmente negativo, mas a única forma de saber as histórias verdadeiras (que mitos neste tema há muitos) é ler os documentos na Torre do Tombo.
    Eu já comecei, é um exercício fantástico. Experimentem também.
    Mas tenham a mente aberta para ficarem desiludidos e surpreendidos. Eu soube coisas fantásticas (pelo negativo) sobre Salazar mas também soube sobre Humberto Delgado, por exemplo.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.