Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Este país não é para velhos

Essi Silva, 09.02.11

 

Uma década atrás, ouvi falar numa história semelhante. Não tinha sido cá, mas sim na Finlândia. Um idoso, tinha sido finalmente encontrado morto há 3 anos, porque o correio já não passava pela ranhura da sua porta. A família, durante esse tempo tinha ignorado a sua existência e o seu desaparecimento. Mas na Finlândia, percebi a razão pela qual tinham de passar 3 anos para se detectar uma morte: o clima inóspito, a dispersão da população assim o justificava.

 

Mas isto, já não percebo.

 

O corpo de uma idosa, falecida há 9 anos, foi encontrado num apartamento em Sintra. A vizinha, alertara a GNR em 2002 para o desaparecimento da idosa, que vivia sozinha. Mas como as autoridades não quiseram arrombar a porta, o corpo permaneceu no apartamento até este ter sido adquirido num leilão das Finanças por uma nova proprietária.

 

Como é que num país com uma taxa tão elevada de população idosa, o corpo de alguém acaba abandonado num apartamento?

E que raio de país é o nosso, em que só se sabe da morte de alguém, depois de lhe penhorar a casa por um valor tão ridículo como 1400€?

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.