Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Não somos uma ditadura

jfd, 22.09.10

Sendo este um novo PSD sem laivos elitistas nem toques ditatoriais para com a oposição interna, diverte-se imenso a imprensa com quem agora tem voz diversa do líder e afins dentro do partido. Eu saúdo as vozes diversas e suas propostas construtivas. Todas as outras ignoro, desprezo e quero lá saber.

Deste take da Lusa podemos verificar parte da trupe responsável pelo elitismo e o põe-de-lado-que-não-nos-interessa recente. Tenho pena que não vejam para lá de seu egos, rancores ou azias. Mas pronto iremos avançar com certeza. E mais interessante ainda é verificar como a actual direcção lida com o assunto, com a maior elevação e o máximo pragmatismo. Trata-se afinal dos desígnios do País e não de afagar egos e desgostos pessoais.

Lisboa, 22 set (Lusa) -- A anterior presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, o antigo deputado constituinte Mota Amaral e o constitucionalista Paulo Mota Pinto são alguns dos deputados sociais democratas que não assinaram o projeto de revisão constitucional do partido.

António Montalvão Machado, José Eduardo Martins, José Luís Arnaut, José Pacheco Pereira e Luís Rodrigues são outros membros do grupo parlamentar social democrata, num total de 21, que não assinaram, até ao momento, o projeto de revisão constitucional do PSD.

Contactado pela agência Lusa, o antigo deputado constituinte e ex-presidente da Assembleia da República Mota Amaral declarou apenas: "De facto, não assinei o projeto, mas não faço nenhum comentário sobre essa matéria."

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Rui C Pinto 22.09.2010


    Nem a Revisão está morta à partida, nem ter por objectivo surtir efeitos no bolso de ninguém...

    Essa escola de que só pode discutir-se assuntos prementes à acutalidade política é bafienta, atentatória da liberdade política e de pensamento e de um paternalismo inaceitavelmente redutor da capacidade dos portugueses discutirem a sociedade em que vivem.

    O projecto de revisão constitucional é uma peça importante da solução que o PSD apresenta ao país, e portanto, não se esperaria outra coisa de um partido responsável e do arco governativo, está a fazer o seu caminho.

    O que deve dizer aos seus amigos é que depois de aprovada a revisão constitucional e chegado o momento de governar, o PSD terá melhores condições para lhes por o dinheirinho no bolso...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.