Segunda-feira, 7 de Junho de 2010
O que é que a UE fez por ti este ano?
 
 
 
 
A União Europeia não é algo indefinido lá longe em Bruxelas!
 
Diariamente, a Comissão, Parlamento e Conselho trabalham com o objectivo de tornar a UE num espaço mais própero, solidário e próximo dos seus cidadãos.
 
No link (http://ec.europa.eu/snapshot/index_pt.htm) que vos proponho encontrarão uma visão rápida de dez medidas em que ao longo do último ano a UE fez a diferença nas nossas vidas.

tags: ,

uma psicose de Elsa Picão às 10:32
link directo | psicomentar

6 comentários:
De jfd a 7 de Junho de 2010 às 12:15
Adoro este post e semelhantes!
Nunca é demais aproximar o abstracto da realidade.
Quantificar, qualificar, mostrar e demonstrar o impacto.
Graccias!


De Miguel Nunes Silva a 7 de Junho de 2010 às 15:07
Pois, e eu estou para publicar um post eurocéptico...

:-/

|

De jfd a 7 de Junho de 2010 às 18:13
EHeheheheh
Temos um psicomentador o Filipe que irá concerteza adorar ;)

| |

De Guilherme Diaz-Bérrio a 7 de Junho de 2010 às 18:21
Aqui o "euro-calmo" também não desgosta :P

| |

De jfd a 7 de Junho de 2010 às 18:26
Por acaso tb me lembrei de ti ;)

|

De Luís Nogueira a 9 de Junho de 2010 às 23:57
Obrigado pela dica Elsa. É importante que se divulgue, para acabar de uma vez por todas com a ideia de uma UE semelhante a uma fonte de numerário, que apenas serve para saciar as necessidades prementes uns e as "engenharias" de outros.


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.