Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Finalmente na linha!

Diogo Agostinho, 05.06.10

 

Na vida vamos encontrando tipos que se acham o máximo. Consideram que podem alcançar lugares para os quais não estão minimamente destinados. Em política o racional existe. Porém, a emoção, o carisma, a dimensão para lém do racional está no dia-a-dia. Liderar um Partido é antes de mais uma missão. Não basta ter umas ideias organizadas, trabalhar bem as estruturas locais e ser afável com Presidentes das Distritais. É preciso dimensão. É preciso golpe de asa. É preciso ir mais além do que ser apenas mais um. Ora, finalmente alguém põe Marques Mendes na ordem. Foi um excelente Ministro? Foi. Foi uma formiga de trabalho quando era líder parlamentar nos tempos de Marcelo? Foi.

 

Mas foi na minha modesta opinião e desde que me lembro de acompanhar os assuntos do Partido, o primeiro líder que não tinha "dimensão" para o lugar. Ser bom não chega a meu ver. É necessário ir mais. É necessário ser mobilizador, cativante. É de longe um excelente nome de segunda linha.

 

Veio comentar os seus "amigos" Santana e Portas. Levou a resposta que merecia: "Marques Mendes também veio dizer algo. Também falou em disparate. Disse que Alegre está fraco e que não pode haver mais candidatos...este social- democrata, campeão do lugar - comum e que descobriu, em 2005, o PARADIGMA do Novo Político"

 

Cada um nasce para o que nasce. Marques Mendes já foi mais do que deveria ter sido.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    jfd 05.06.2010

    Ok

    Eu não vejo o Marques Mendes que vocês vêm.
    Até tive sorte de partilhar o momento em que me rendi à sua liderança com uma grande amiga a quem aconteceu o mesmo.
    E até hoje sempre que nos começam a falar mal de MM sabemos de onde vêm os maus fígados.
    E quer se queira ou não foi um grande marco na presidência do PSD.
  • Imagem de perfil

    Bruno Ribeiro 05.06.2010

    "maus fígados"? então de onde vêm?

    "grande marco"? podes justificar esta afirmação?
  • Imagem de perfil

    jfd 05.06.2010

    Maus fígados decorrentes do que para mim foi um grande marco;
    As escolhas para as eleições autarquicas e as decisões dificeis que teve de tomar.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.