Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

2010 - Ano Novo, Velhos Problemas

Essi Silva, 26.12.09

 

Estamos a 5 dias da Passagem de Ano. Muitos de nós preparam as resoluções de Ano Novo. O que queremos realizar, os vícios que queremos deixar, etc.


Para quem espera que o Ano Novo traga mais soluções para a crise económica e para o desemprego, nomeadamente através de grandes obras públicas, aconselho que acorde desse sonho. Apesar do sector da construção ser um dos mais afectados pela crise, estima-se que 2010 se faça acompanhar por um aumento significativo do desemprego, em todas as áreas. Isto quer dizer que não há TGV, nem aeroporto, que nos salve da nossa maior epidemia - o desemprego. Lamento que as obras públicas como diz Sócrates, não sejam mais que um sonho tão cor-de-rosa como o casamento homossexual.


E por falar nisto, parece que o casamento entre pessoas do mesmo sexo ainda poderá levar ainda mais tempo a passar de sonho a realidade. isto porque estão já coligidas as 75 mil assinaturas necessárias para a petição e AR vai ser mesmo obrigada a debater a convocação de um referendo sobre o casamento entre homossexuais. A ideia será suspender (por enquanto, pelo menos), o processo legislativo.


Por outro lado, a nível político o próximo ano será uma incógnita. Sem contarmos com a ruptura nítida entre a Presidência da República e o Governo, temos vários problemas em cima da mesa. 1- Irá Cavaco Silva dissolver a Ass. da República, governada não por um mas por 5 Governos? 2- Se o fizer, terá de Março a Setembro como limite temporal (já que a Assembleia da República não pode ser dissolvida nos seis meses posteriores à sua eleição nem no último semestre do mandato do Presidente da República). 3 - Mas mesmo que o faça, o PSD precisará dum cabeça de lista para as eleições, tarefa ainda mais difícil mediante a crise sucessória em que se encontra. 4 - E mesmo que o PSD ganhe, tendo em conta as últimas eleições legislativas, pressupõe-se que o PSD para governar necessitará de coligar-se com o CDS. Coligação essa, que poderá não ser suficiente para aprovar leis na AR sem algum apoio do BE ou do PCP.


Quanto a mim, não estou com muito optimismo face a 2010. Mas será que é melhor sermos optimistas ou realistas face ao Ano Novo?

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.