Sexta-feira, 20 de Julho de 2007
Cinco Minutos com...

A actual situação do PSD motiva este post que é, simultaneamente, um exercício.

Imaginemos que conseguimos chegar à fala com uma personalidade do nosso partido, para um bate-papo de 5 minutos.

Proponho que escolhamos personalidades (uma por comentário) e partilhemos aqui o que lhe diríamos nessa conversa relâmpago.


uma psicose de Paulo Colaço às 17:01
link directo | psicomentar

29 comentários:
De Paulo Colaço a 20 de Julho de 2007 às 17:18
Para Luís Marques Mendes:

Caro recandidato a Presidente, refrescar a equipa é muito importante.

Ideias para isso:
- valorizar a nova geração de quadros, chamando-os a colaborar de perto com reputados nomes do Partido. Para quê? Para aliar a capacidade dos nomes já "consagrados" à visão de modernidade na acção política dos nossos jovens mais preparados.

- Responsabilizar mais o Grupo Parlamentar no campo da nossa imagem para o exterior.

- Melhorar a comunicação com o exterior, nomeadamente com um site mais "esclarecedor" quanto às nossas posições e porta-vozes com maior autonomia.


De Paulo Colaço a 20 de Julho de 2007 às 17:22
Para Luís Filipe Menezes:

1 - Avance! Não se guarde para mais tarde, até porque pode ser demasiado tarde.

2 - Marque a sua acção menos pelo rancor e mais pela positiva: motive-se em atacar os adversários externos e não os internos.


De isabelmariadosreisferreira a 20 de Julho de 2007 às 17:25
Para Luís Filipe Menezes,
Porque razão tinha tanta vontade em derrobar Marquês Mendes da liderança do partido e agora que ele já "caiu" o sr Menezes está tão reticente em avançar?


De xana a 20 de Julho de 2007 às 17:29
Para Pedro Santana Lopes:

Sempre se mostrou pouco racional na política, penso até que fica à vista de todos que o coração costuma falar mais alto.
Porque não avançar agora? As directas são a voz das bases, e não apenas daqueles que sempre o desapoiaram.

Sabendo que é um homem da política, que futuro tem num PSD que teima em rejeitá-lo?


De isabelmariadosreisferreira a 20 de Julho de 2007 às 17:34
Exmo sr. Presidente da República (PR) Cavaco Silva,
Votei em si, assim como mts portugueses e portuguesas! Concorda com os medidas anti-democráticas do actual governo?? Não acha que a conduta que o actual governo está a seguir neste país está a destruir a vida dos portugueses/as? Será que em certos casos não seria melhor a intrevenção do sr. PR?
Estou um bocadinha desiluida consigo. Esperava mais de si.


De isabelmariadosreisferreira a 20 de Julho de 2007 às 17:39
Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa,
Já penso em deixar a função de comentador político na RTP (pois já está a ser mt repetitivo) e candidatar-se a liderança do seu partido PSD?


De paa a 20 de Julho de 2007 às 17:57
Para Rui Rio:

Gostei muito de o ouvir dizer que o PSD nao estava em situação tão catastrófica que o obrigasse a violar o comprimisso com os portuenses.

Provou maturidade e a seriedade que todos lhe reconhecem!


De paa a 20 de Julho de 2007 às 18:13
Dra. Manuela F. Leite, é muito dizer ao Dr. Marques Mendes que se ele nao convocasse eleições outros convocariam por ele.
Cria um clima de guerra civil...


De Devil's Little Sister a 20 de Julho de 2007 às 21:02
Para Manuela F. Leite:

Decida-se.

PS: Gostaria muito que se candidatasse, embora saiba que isso é hipótese fora do baralho.


De Tiago Dias a 20 de Julho de 2007 às 22:22
Para António Guterres (militante no PSD Porto):

São militantes como o senhor que estragam o nosso Partido.

(não seria necessáriamente a este...podia ser ao militante Passos Dias Aguiar Mota ou ao militante Rabah Madjer também estes residentes no Porto onde partilham ambos casa com Guterres).


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.