Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009
2011 já mexe...

 

 

Com as eleições Presidenciais como próximo passo no calendário político em Portugal, é interessante assistir às movimentações da Esquerda no nosso País.

 

Jaime Gama, com a nova versão no Parlamento sem maioria absoluta de nenhum partido, aparece. Demonstra agora um lado austero e rigoroso, com as viagens e despesas dos deputados da nação, e quer ser parte interventiva no debate e não apenas o senhor com um cronómetro na mão. Manuel Alegre, iniciou uma ronda pelo país, para medir o pulso aos seus apoios. Junte-se a estas movimentações as palavras de apoio de Correia de Campos e Lello a Gama, bem como notícias de desagravo de alguns deputados com a actuação de Gama e vemos que as primárias para Belém começaram à esquerda.



uma psicose de Diogo Agostinho às 08:08
link directo | psicomentar

15 comentários:
De Rui Cepeda a 30 de Novembro de 2009 às 14:52
Acho interessante que por Gama tentar estabelecer regras de trabalho que são sensatas e que contribuem para a dignificação do cargo de deputado, seja já acusado dentro do partido de querer abrir caminho para as presidenciais...
Curioso, apesar de não ser novidade, é termos a bancada socialista como principal contestatária ás regras que exigem mais rigor e transparência!!!


De keine a 30 de Novembro de 2009 às 14:54
Disparate

o jaime gama é para 2016

para que combater o cavaco com um candidato a serio? Ele é o nosso presidente, ja nos ganhou duas legislativas!!


De Diogo Agostinho a 30 de Novembro de 2009 às 14:58
Rui tens muita razão! As medidas que Gama colocou são muito sérias e correctas. Mas estas leituras políticas de facto...tem muito que se lhe diga...

|

De Rui Cepeda a 30 de Novembro de 2009 às 15:04
Se as leituras politicas tem muito que se lhe diga, é pena não haverem mais interessados nas entrelinhas!

Quanto a Gama, devo dizer que tenho simpatia por ele, e acho que não seria um mau presidente, seguramente mais equilibrado que Manuel Alegre...

|

De keine a 30 de Novembro de 2009 às 15:12
o alegre será alegremente atirado contra as garras do cavaco, que o irá comer como um verdadeiro pastel, e pronto, lá se irá acabar a alegria

hahahahahahahahaahahh


De Luis Melo a 30 de Novembro de 2009 às 15:52
Alegre tem 73 anos, já não chega a 2016 em condições de ser candidato... terá de jogar em 2011 a sua última cartada. Gama tem 62 anos, em 2016 poderá perfeitamente ser candidato... pode portanto ficar de parte agora. Isto no cenário de uma mais que provável reeleição de Cavaco Silva.

Mas se a reeleição de Cavaco estiver tremida, por algum acaso, podem crer que Gama e Alegre vão esgadanhar-se. E não sei se não poderá aparecer outro... tipo Guterres, Sampaio ou até Costa.


De Ricardo Campelo de Magalhães a 30 de Novembro de 2009 às 17:06
É, de facto, triste que por Gama tentar estabelecer regras de trabalho sensatas e dignificantes isso seja visto como jogada política...


De Luís Nogueira a 30 de Novembro de 2009 às 17:33
Podemos dar o benefício da dúvida neste como em outros casos. Mas é certo que existem várias formas de marcar a agenda política nacional.


De Marco Dias Rodrigues a 30 de Novembro de 2009 às 17:44
Independentemente da ideologia partidária dos candidatos, têm que ter, obrigatoriamente, um alicerce comum: Personalidade.


De David Alexandre da Silva a 1 de Dezembro de 2009 às 00:19
Não posso deixar de notar que um é o total oposto do outro. Um elogia a direita o outro elogia a esquerda. Um, um reformista o outro um revolucionário. A escolha do PS vai ter de ser a seguinte: ou escolhe Gama para tentar roubar votos a Cavaco ou escolhe Alegre para tentar unir a esquerda. Para o bem do País (isto pensado que o Cavaco perderia, que não me parece.....) é melhor que escolham Gama, ou Portugal cai de novo numa presidência estilo Soarista incompatível com qualquer governo PSD (ou PS á la Socrates....).


De Ricardo Ferreira a 1 de Dezembro de 2009 às 12:46
Nada melhor do que "controlar" os Srs. que esbanjam os "nosso" dinheiro...

Quanto a preparar a caminha para PR? Será que o "socras" vai passar a perna outra vez ao Alegre e "obriga-lo" a ir como independente? Utilizando o J. Gama como candidato? Sinceramente não estou a ver o Gama ganhar qualquer coisa...


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.