Quarta-feira, 11 de Julho de 2007
A invasão de ratos...

O mandatário do PS à Câmara de Lisboa foi convidado pelo Governo para “mandar” na frente ribeirinha de Lisboa.
O convite surge antes da queda da CML, mas é posterior à saída de Júdice do PSD…
Não sei de que buraco eles vêm, mas tapem-no rápido!


uma psicose de Paulo Colaço às 00:45
link directo | psicomentar

21 comentários:
De Paulo Colaço a 11 de Julho de 2007 às 00:52
o desenho foi feito por mim... ehehehe


De José Pedro Salgado a 11 de Julho de 2007 às 10:20
"José Miguel Júdice considera que não há qualquer incompatibilidade em relação às suas funções actuais e a tarefa que pode vir a assumir depois das eleições." in TSF

Concordo plenamente.

Uma é pressuposto da outra.


De Bruno a 11 de Julho de 2007 às 12:43
Começam para aí a dizer que o Sócrates é ditador - disparate! - e a malta depois pensa duas vezes.

É que os cobardes, em relação a um ditador, pensam sempre que mais vale tê-lo como amigo do que como inimigo...


De Carlos Carvalho a 11 de Julho de 2007 às 12:50
Considero fantástica a forma socialista de exercer o poder. Já não têm qualquer tipo de pudor. Tudo às claras, mesmo que sejam os jogos mais sujos.

Falta muita ética na política! Espero que os senhores do PSD (meu ilustre partido) tenham isto como exemplo. Porque dvemos ter sempre dois tipos de exemplos: os maus e os bons.

Os maus para nunca fazer igual. Os bons para seguir.

Termino agrdecendo à Marta e ao Paulo as boas vindas que me dirigiram nos comments do post anterior. :)

Contem comigo por aqui...

Cumprimentos a todos|


De Paulo Colaço a 11 de Julho de 2007 às 15:15
Já contamos, Carlos, agora não tem escapas a uns saltos aqui pelo Psico.
Primeiro estranha-se... ehehe


De Paulo Colaço a 12 de Julho de 2007 às 11:44
Lembrei-me agora de uma coisa: e se a saída de Júdice do PSD fosse motivada por um convite anterior para as tais funções?

Não pode ser: é imaginação a mais...


De xana a 12 de Julho de 2007 às 11:49
Em política, nos dias que correm, a imaginação não tem limites...

Vejam só a imaginação do líder do PSD quando "arranjou" este candidato para Lx...

Na última edição da Sábado, quando se julgava que Negrão ia ter cuidado com o que dizia, ora que surge mais uma gafe, direitinha aos microfones do jornalista que fazia a reportagem.

Ninguém merece...


De Paulo Colaço a 12 de Julho de 2007 às 12:07
Xana, já dizia um dos líderes do PSD do meu distrito, que os candidatos são como os melões: fruta que só depois de aberta se sabe se é boa.

Ao longo da nossa militância já vimos candidatos potencialmente bons que se mostraram flopes em campanha, outros mais apagados são "leões" na arena eleitoral.

Mais: quantos são as figuras "ímpares" que se apagam de um momento para o outro, e quanto são os apagadinhos que se agigantam num clique?

Exemplos que todos conhecem:
1 - O "gigante" Santana Lopes parecia um principiante nas últimas legislativas.
2 - O "totó" Guterres cilindrou Fernando Nogueira
3 - Quem diria que Carmona se portaria como portou contra Carrilho?

Tenho a certeza que Negrão sabe diferenciar IPPAR de EPAL, mas debaixo de fogo todos podem deslizar, e quando do deslize se faz o eco que vimos, agora é difícil segurar o leme.

Continuo a achar que Negrão foi bem escolhido. Não posso dizer que serve para Setúbal (onde é mais dificil ganhar que em Lisboa) e não serve para a capital...


De Bruno a 12 de Julho de 2007 às 17:08
Xana desculpa mas este post não tem como título "Lá vai Lisboa... parte IV".

Com tanta vontade de bater no Presidente do PSD e no candidato que ele arranjou para estas eleições qualquer dia ainda temos que te levar a uma daquelas sessões anti-stress em que a malta escavaca uns carros de marreta na mão ;)


De xana a 12 de Julho de 2007 às 18:01
Bruno, eu pensava que este blog continuava a ser um espaço democrático, como aliás sempre foi.

Até o reparo de não ser esse o assunto a tratar aqui me parece desajustado, já que em outros posts nunca tal reparo foi feito, e volta e não volta, lá se abordam outros assuntos.

Mesmo em alturas em que "estava" com outros líderes, nunca deixei de respeitar aqueles que se lhe opunham.

Se neste blog não se pode criticar o actual líder do PSD, então que o digam clara e abertamente.


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.