Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Objectivo: um País à mesma velocidade

Margarida Balseiro Lopes, 07.09.09

Durante o fim-de-semana, tive a oportunidade de participar no Congresso da Interioridade, uma iniciativa da JSD, em Seia. Os temas debatidos nos grupos de trabalho foram: Economia e Desenvolvimento, Educação e Administração e Serviços.
Com este evento pretendeu-se antes de mais, colocar o tema da Interioridade na agenda política nacional. Apesar de termos um Primeiro-Ministro do Interior, como bem referiu o Presidente da JSD, Pedro Rodrigues, o Eng. Sócrates só se lembra do Interior uma vez de 4 em 4 anos e apenas com um objectivo: pedir votos. Durante a presente legislatura acentuaram-se as assimetrias Litoral-Interior, nada tendo sido feito para resolver o problema da Desertificação. Aliás, a semana passada ficou marcada pelo caricato episódio do Hospital de Seia que foi pomposamente inaugurado pela Ministra da Saúde, tendo poucas horas depois uma empresa de transportes regressado a Seia para levar de volta as camas do Hospital (cerca de 70) para regressarem a um qualquer Hospital do Litoral. Afinal de contas, estamos em pré-campanha e a ida da Ministra ao Interior e a inauguração daquele equipamento de saúde mais não foi do que um número de circo.
Cem jovens debateram os desafios com que se depara o Interior: a grande maioria oriunda de concelhos que sofrem o problema da Interioridade. Foram várias as soluções que foram sendo apresentadas nas mais diversas áreas, mas o que de mais importante levei deste fim-de-semana, tal como todos os participantes, foi o sonho materializado na vontade de ter um País à mesma velocidade em todas as regiões.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.