Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Eu gostava de ser...

Tiago Sousa Dias, 08.03.09

 

Numa altura em que se fala tão mal da classe politica com escandalos de corrupção, dúvidas sobre as licenciaturas dos dirigentes politicos, dizeres menos dignos em plena AR, faz ainda mais sentido repensar o porquê de estarmos na politica.

 

Todos teremos sonhos substanciais. Já aqui falei da quarta República. É o meu sonho. Gostava de viver num país mais justo onde o mérito fosse recompensado e a maldade engaiolada.

 

Mas também todos, os novos, temos um futuro em vista.

 

Já quis ser bombeiro, rocker, tenista, psicólogo e mais recentemente advogado. Hoje acho que é cada vez mais dificil dizer o que quero ser. Apenas sei que quero ter uma história para ser lembrado.

 

É esse, aliás, o propósito de vida dos índigenas australianos. Fazer a sua história e conta-la no fim.

 

É isso que quero ser. Lembrado. E vocês?

12 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 09.03.2009

    Sabes de alguma que queiras contar?
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 09.03.2009

    Reescrevendo, o melhor mesmo é contares.

    Ou então pede desculpa por levantares insinuações falsas sobre pessoas honradas.

    Era o mínimo.
  • Imagem de perfil

    jfd 09.03.2009

    Poupa-me!
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 10.03.2009

    Há que ser consequente: ou concretizas ou pedes desculpa pelas insinuações gratuitas.

    Estou farto de ser ofendido por colegas de blog.
  • Imagem de perfil

    jfd 10.03.2009

    Pois é, what goes around, comes around.
    Ou só gostas quando és tu a fazê-lo?
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 10.03.2009

    jfd,

    Nunca levantei suspeitas sobre a honorabilidade das pessoas.

    Se tens histórias que contradigam o que escrevi diz; se são só insinuações baratas, pede desculpa.
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 10.03.2009

    E se achares que já alguma vez levantei questões sobre a honorabilidade das pessoas, faça favor de apontar onde.
  • Imagem de perfil

    jfd 10.03.2009

    Exacto. Já mandas é?
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 10.03.2009

    Se insinuas, deves justificar. Ou não acreditas na seriedade de uma discussão?

    Se estás tão empenhado em "desmascarar-me" como algo que não sou, ou em expor-me como um "falso", tens aqui a tua oportunidade.

    Diz o que sabes!

    Isto é uma das coisas que está profundamente errada no Psicolaranja: a obsessão doentia pela minha vida, a ofensa pessoal e o levantamento de suspeitas infundadas.

    Um ataque pessoal, pérfido, subrepticio e constante a tudo o que eu digo e escrevo, ao que faço ou deixo de fazer.

    Assume a responsabilidade: diz o que tens a dizer, vai além das gargalhadas ou das bocas brejeiras.
  • Imagem de perfil

    jfd 10.03.2009

    Interessantes as coisas que por ti são escritas e não por mim.
    Quem não deve não teme caro Faria.
    I rest my case
    Obrigado pela atenção!
  • Sem imagem de perfil

    Nélson Faria 10.03.2009

    É ao contrário jfd: quem acusa ou insinua, tem de justificar.

    Estou tão à vontade com tudo o que fiz na JSD que te digo aqui, em público, conta uma história, uma qualquer história, que te dê uma centelha de razão.

    Este é o meu ENORME à vontade nesta matéria.

    Aqui, em público, sem medos nem receios: uma só história.

    Isto sim é Quem não deve, não teme... completamente à vontade e disponível.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.