Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008
Adriano Moreira

Seis meses após Nascimento Rodrigues ter completado mandato de Provedor de Justiça, PS e PSD ainda não chegaram a acordo sobre o sucessor.
 
Segundo fonte do Público, discute-se a qual dos dois partidos cabe indicar o novo titular do cargo e um nome consensual.
 
A foto deste post é inocente. Não estou a pensar em ninguém neste momento :)


uma psicose de Paulo Colaço às 16:17
link directo | psicomentar

5 comentários:
De Paulo Colaço a 18 de Dezembro de 2008 às 16:55
Andamos por vezes tão ocupados à procura de apoiantes do próprio partido e não vemos o mais óbvio: o lugar de Provedor de Justiça é de alguém equidistante.
Para além de sério, respeitado, reconhecido.

Um Senador da pátria.


De André S. Machado a 18 de Dezembro de 2008 às 23:08
Uma figura independente, imparcial e com um sentido de justiça bem assente.

O Prof. Adriano Moreira afigura-se como uma excelente opção para o cargo. Concordo contigo, Paulo.

Anseio, desde há muito, por ver Adriano Moreira em lides politicamente mais activas... As opiniões publicadas e as suas intervenções nos variados meios fazem-me nutrir por ele uma enorme simpatia, mas sobretudo, uma imensa admiração. Admiração por tudo o que representa, por toda a história da sua vida, por um serviço initerrupto ao país e um sentido de Estado de que muito poucos se podem gabar.

Para este cargo ou para qualquer outro, Adriano Moreira teria sempre, e inquestinavelmente, o meu humilde "sim".


De Margarida Balseiro Lopes a 20 de Dezembro de 2008 às 00:11
E por que não Laborinho Lúcio?:)


De João Annes a 20 de Dezembro de 2008 às 00:33
O meu voto vai para o Dr. Figueiredo Lopes :P


De Tiago R a 6 de Abril de 2009 às 14:20
Definitivamente Laborinho Lúcio!

Um velho fascistas como Adriano Moreira para Provedor? Que disparate!


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.