Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Faltam dias...

jfd, 30.10.08

Continuem cínicos.

Continuem com o vosso discurso de algibeira.

Isto pode nem acontecer, mas há uma luz na mente de quem acredita que daqui a alguns dias, só o facto de um NEGRO ir a votos para a Presidência dos EUA é já uma vitória.

Uma vitória de quê? Da representatividade. Da democracia. (Não a louvam? Levem com ela!)

Ups... esqueci-me! A Europa não vê cor. Não podemos falar nisso.  

E pronto lá vem o discurso o facto de ele ser negro não tem nada que ver com a eleição, blá blá blá.

Pois não, têm toda a razão. Mas ele não deixa de ser NEGRO!

Negro, Negro, Negro e Negro. Para não dizer Preto.

Quem diria que isto iria acontecer primeiro nos EUA que não deixam mostrar uma teta na televisão, nos EUA da pena de morte, nos EUA do racismo latente, nos EUA do nacionalismo exacerbado, nos EUA de Guantanamera (homenagem W.), nos EUA de Bill O'Reilly e Rush Limbaugh. Poderia continuar... Mas o meu único ponto de vista é este; Quem diria que tal haveria de acontecer lá, e não por cá, no continente da tolerância e do politicamente correcto.

 

Hipocrisia, Europa é o teu nome!

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.