Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Estou de acordo com Sócrates e o PS

João Marques, 10.10.08

 Pode parecer incrível, mas o que aqui vos digo é absolutamente verdade. Estou totalmente de acordo com Sócrates e o PS na exigência que fazem de que o PSD garanta que aprova o anterior projecto de revisão da lei eleitoral autárquica, negociado entre os dois partidos antes de Menezes o ter deitado fora.

O óbice (ou pelo menos o maior deles) que justificou a mudança de posição do PSD na altura foi a impossibilidade dos Presidentes de Junta votarem o Orçamento em sede de Assembleia Municipal. Menezes, depois de ouvir a Associação Nacional de Freguesias (que obviamente se opunha), convenceu-se de que o melhor era a mudança desse ponto em particular, tendo sido indefectível nessa posição. Assim morreu um projecto cujo parto se adivinhava difícil.

Pelos vistos e como dizia Mark Twain, a notícia da sua morte foi grandemente exagerada (tradução livre e pouco feliz). Noticia o semanário Sol que António Costa e Rui Rio estão há largos meses a preparar um entendimento nesta matéria.

 

Posso-vos dizer que, como membro muito activo de uma secção política, vejo o que é a desvirtuação dos resultados eleitorais pela perversa presença dos Presidentes de Junta nas Assembleias Municipais. Ocorre, por exemplo, em Braga que, não fora esta presença anormal e o executivo camarário não teria maioria para aprovar boa parte das suas propostas e chumbar as nossas. O voto arrebanhado e dependente dos PJ torna esta situação ainda mais insustentável.

 

Como é possível reclamar que as Juntas estejam presentes num órgão que lhes é estranho e cujas competência e lógica político-constitucionais estão muito afastadas das daquelas?

 

Compreender-se-ia que as Câmaras Municipais estivessem presentes na Assembleia da República para votar o Orçamento de Estado? Tenho a certeza que não.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Paulo Colaço 13.10.2008

    Não: a Costa Neves o que tem sido de César!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.