Domingo, 21 de Setembro de 2008
Volta, Joe...

 Os tesouros da arqueologia nacional estão guardados nas antigas Oficinas Gerais de Material do Exército, onde nascerá o novo Museu dos Coches. As obras deveriam começar este mês, como está decidido há tempos.

Qual é o problema? Parece que os ministérios da Economia e Cultura não fazem a mínima ideia do destino a dar ao nosso mais importante espólio arqueológico...
 
Como já trabalhei em arqueologia, tenho seguido este assunto com interesse. Compete ao Estado encontrar espaço para expor, estudar e preservar estes bens. Defendo a existência de um museu próprio, com valências de exposição e investigação. Admito que não seja fácil. Mas sem interesse do Ministro da Cultura não será nem fácil nem difícil: será impossível.
 
E que tal vender-se tudo a Joe Berardo? Já vimos que a Cultura lhe faz as vontades todas num instante...


uma psicose de Paulo Colaço às 15:36
link directo | psicomentar

1 comentário:
De Tiago Laranjeiro a 21 de Setembro de 2008 às 17:03
Um novo museu, ainda para mais para guardar pedras velhas, não é uma ideia apelativa para o Ministro da Economia... Já um novo grande edifício para albergar os coches reais vale pelo número de visitas anuais que este museu já recebe...

Temos assistido a um enorme desinvestimento em cultura. Senão veja-se o orçamento que está a ser preparado para o projecto da Capital Europeia da Cultura 2012, que Guimarães receberá: 111 milhões de euros, menos que o prémio do euromilhões desta semana e o equivalente a 1,3 km de metro de Lisboa.

This is Portugal, the west coast of Europe.


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.