Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008
E vivá Praxe!

 

Sou um adepto da praxe. Sempre fui.
Adorei ser praxado e assumi, com grande responsabilidade (e muita farra à mistura), o meu papel de veterano.
E sempre condenei a má praxe. Aquela que segrega, que humilha, que destrói os fundamentos da recepção a nossos colegas, futuros amigos.
Costumava eu dizer “a praxe é uma simulação de autoridade, entre quem imagina que manda e quem finge que obedece”.
É esse, creio, o espírito da maioria. O pior são as ovelhas negras. Aquelas que estão sempre prontas para distorcer o melhor conceito. Há-as em todo o lado.
 
Mas há também boas ideias.
No próximo 1 de Outubro, os caloiros da Faculdade de Medicina de Lisboa vão andar pelo Rossio a angariar dadores de medula óssea. Será uma das suas praxes, para além das outras mais tradicionais.
É uma iniciativa dos alunos do 6º ano que gostariam de a ver clonada noutras faculdades.
Eu também.
 

E vivá Praxe!



uma psicose de Paulo Colaço às 18:50
link directo

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.