Terça-feira, 16 de Setembro de 2008
Jogging falhado

 

O PS quer obrigar os emigrantes portugueses a votar presencialmente nas próximas legislativas, pondo fim ao voto por correspondência. Em causa está a forma de eleição de 4 deputados.
 
Manuela Ferreira Leite é contra: “Quando se mexeu na lei eleitoral foi para alargar o voto aos emigrantes e nunca para restringir”, afirmou. E acusa: “O voto por correspondência é o triplo do presencial pelo que só pode haver objectivos políticos”.
 
O PS anda mesmo com medo. Talvez as patéticas corridinhas socráticas nas visitas ao estrangeiro não tenham dado ao PM grande resultado junto da diáspora…


uma psicose de Paulo Colaço às 17:33
link directo | psicomentar

12 comentários:
De Luís Nogueira a 16 de Setembro de 2008 às 18:17
"Quem está de fora, analisa melhor o que está por dentro". Será correcto afirmar isto? Não sei...

Mas que os nossos imigrantes ao viverem em algumas das sociedades mais desenvolvidas do mundo poderão ter uma opinião mais critica, sobre o que se passa "cá dentro", não tenho grandes dúvidas.

Secalhar o medo de Sócrates é esse - o contraditório...


De Luis Melo a 16 de Setembro de 2008 às 19:19
De facto o objectivo só pode ser político... é esta a minha opinião: http://mudaportugal.blogspot.com/2008/09/direito-ao-voto.html


De RPR a 16 de Setembro de 2008 às 21:04
Será que as corridinhas são para incentivar os emigrantes a "correrem" as urnas ? Ou será que é a fugir delas ? Eis a questão !...


De Diogo Agostinho a 17 de Setembro de 2008 às 11:15
Estas corridas são patéticas. Nunca até hoje se ouviu falar que o Eng. Sócrates corria da Rua Castillo ao Rato, ou até S.Bento. É de lamentar este seu jogging pelo mundo. E correr em Portugal? Muito poluído é? Não tem nada para mostrar?

Quanto ao tema do voto dos emigrantes. Concordo que é um tema muito importante. E que se justifica uma intervenção por parte do PSD. Porém, será que a semana escolhida foi a melhor? É que estava tudo louco com o fim da cooperação estratégica e com o erro do Ministro Rui Pereira a culpar o PR pela insegurança no país...


De Diogo Agostinho a 17 de Setembro de 2008 às 11:18
Quanto ao tema em si. Concordo com a nossa Presidente!

Sócrates tem medo de que os nossos portugueses espalhados pela diáspora demonstrem que nós estamos mesmo atrasados...o pior é que estamos e por isso cada vez mais as pessoas emigram. E são já muitos os casos de sucesso lá fora...dos nossos compatriotas


De João Marques a 17 de Setembro de 2008 às 11:24
Eu acho que esta medida é perfeitamente coerente com a política do governo. Merece até uma ovação. Depois de acabarem com um sem número de consulados e obrigarem muitos milhares, senão mesmo milhões, de imigrantes a ultrapassarem os 12 trabalhos de Hércules para poderem tratar de assuntos burocráticos, agora, sob a égide do pensamento a la grande líder, decretam que há sindicatos de voto, sem ulteriores explicações, e decidem acabar com o voto por correspondência.

Bravo, porreiro e outros impropérios que tais...


De Bruno Ribeiro a 17 de Setembro de 2008 às 12:12
Se calhar até era melhor esses ingratos que dão quase sempre mais deputados ao PSD do que ao PS deixarem de votar de uma vez por todas. Onde é que já se viu tamanha afronta ao nosso PM???


De João Marques a 17 de Setembro de 2008 às 12:26
«Percebe-se porque estão a fazer contas ao número de deputados que podem eleger. O actual fluxo emigratório resulta do facto de as pessoas não conseguirem encontrar no seu país [Portugal] as condições necessárias para trabalhar e desenvolver a sua vida» MFL.

Fala e fala bem...


De Alberto Fernandes a 17 de Setembro de 2008 às 18:58
Mais um bom exemplo que MFL deu de atender a questões importantes que passariam perfeitamente incólumes no que à nossa imprensa diz respeito. Também vai ser por aqui que vamos afirmar o nosso projecto alternativo.


De Nuno Bastos a 19 de Setembro de 2008 às 16:13
Lamento discordar de todos aqueles que até agora comentaram esta notícia.

Eu concordo com esta alteração à lei, porque dá a garantia de que o voto é mesmo secreto.

Mas também percebo que na origem desta alteração poderá estar a "raiva" socialista pelo voto dos emigrantes.

Porém, acho que a bondade da proposta deve prevalecer sobre a intenção do legislador e, como tal, esta reforma tem o meu apoio.

|

De Paulo Colaço a 19 de Setembro de 2008 às 16:47
Caro Nuno,
já participei em votações da emigração.
Quer nas Europeias quer nas Legislativas, fui presidente de uma mesa de voto de apuramento de votos da emigração. Creio que me calhou França.

Consigo dizer-te que a violação do secretismo é um papão que o PS pretende veicular.

|

Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.