Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006
Serviço Nacional de Saúde

Um artigo de Adriana Neves

 

 

O ministro Correia de Campos, numa entrevista a Antena 1, anunciou que, a partir do próximo ano, passariamos a ter "taxas de utilização" a cobrar por internamentos e cirurgias ambulatória. Estas taxas de utilização e toda a politica que as caracteriza, conduzirão a mudanças drásticas no Serviço Nacional de Saúde. Estas taxas, também, deixam no ar o problema da inconstucionalidade. Será que estas alterações põe em causa o artigo 64º da Constituição?

Em relação a esta polémica e outras afins, faço minhas as palavras do Eça:



uma psicose de Paulo Colaço às 01:58
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:54
link directo | psicomentar

4 comentários:
De RICARDO PITA a 13 de Outubro de 2006 às 09:48
Não compreendo!!um blog conotado com a direita que faz criticas a um governo de esquerda quando este adopta medidas de direita?!


De Paulo Colaço a 13 de Outubro de 2006 às 15:37
Caro Ricardo Pita, diga-nos o que é a direita e a esquerda e nós lhe diremos qual a "conotação" que este blog deve ter.


De Anónimo a 13 de Outubro de 2006 às 22:43
Não percebo estas classificações de direita e esquerda para justificar as guerrinhas poliicas.

Este governo tem governado como o teria feito um governo PSD, mas com tiques de PS.

Penso que é isso que o PSD critica: medidas tomadas pela metade!


De opovodefelgueiras a 14 de Outubro de 2006 às 23:06
Vejam aonde se encontram os grandes grupos economicos e depois falamos...


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.