Domingo, 24 de Setembro de 2006
O mérito tornou-se um critério obsoleto...
Um artigo de Marta Rocha

 

Aqueles que vêem as mulheres nos partidos, como pessoas com mobilidade reduzida, criaram a figura das "quotas para mulheres". Mais um produto do facilitismo partidário! Serei só eu a achar ridícula a ideia de vagas especiais em função do sexo? Isto não acontece, nem nos autocarros! Em breve, alguém se há-de lembrar de criar quotas para idosos, inválidos, grávidas ou mães e pessoas de raças diferentes só porque fica bem na fotografia e aparenta uma igualdade, que efectivamente não existe.


uma psicose de Paulo Colaço às 20:30
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:45
link directo

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.