Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013
Este é o nosso país
Um país no qual a Comunicação Social dá destaque ao novo filme dos One Direction (aqueles miúdos* de uma Boys band britânica com milhões de miúdas a babarem-se); à entrevista que o Lorenzo eu-sou-milionário-e-amigo-da-Pamela deu à Judite (entrevista essa que me levou a desligar a TV - ele fez algo pelo país? É filantropo? Um empresário de sucesso?) e a revelar fofocas do submundo político, de licenciaturas manhosas e dos SWAPS.

Ora bem, em primeiro lugar, ainda não vi uma boa explicação sobre o que é um SWAP e sobre as suas vantagens. Pelo que os Media pintam, os SWAPS são tipo armamento. Uma cena super má e tal.

Para além disso, não obstante eu não gostar da nossa actual Ministra das Finanças, e de achar que ela foi muito bem "caçada", não entendo esta perseguição fatal aos erros do Governo.

Especialmente porque não ouço um elogio. Um reparo positivo. Até quando o Primeiro-Ministro vem falar de retoma, logo no noticiário seguinte se desencanta um economista ou perito xpto para desmentir as declarações ou elucidar sobre a verdadeira conjuntura...

Mas isto nem sequer é o que me preocupa mais. Se o Governo não se sabe defender, nem comunicar em condições - esta cena dos briefings vale o que vale (que para mim é 0) - é problema seu.

Agora, nem reportagens de qualidade há. Quando se faz jornalismo investigativo e de topo é para desenterrar papéis que provam corrupção, para descobrir uma testemunha nova para o caso Rui Pedro, para descobrir um coitado qualquer que vive numa gruta.

Onde está o jornalismo que expõe a corrupção ao nível autárquico? Ou faz uma comparação da qualidade do ensino com o pós-25 de Abril, com testemunhos e video footage? Da Maçonaria e seu peso na Administração e no Estado - isso sim, seria um bom tema, que não é explorado porque há demasiados interesses em jogo? Do empreendedorismo em tempos de crise ou do voluntariado?

Algo de muito errado se passa num país no qual o Governo está permanentemente sob fogo - com um deficit orçamental e uma crise para resolver - os Lorenzos desta vida são mais importantes que quem se levanta todos os dias para ir trabalhar para pagar as prestações do carro e da casa, bem como quem os ajuda a fazê-lo; e o destaque de cinema foca numa Boysband.

*sim sim, eu sei que eles não são muito mais novos que eu

uma psicose de Essi Silva às 13:36
link directo | psicomentar

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.