Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

É isso mesmo Mourinho

Essi Silva, 21.02.13
  No seguimento de uma obra de arte, intitulada a Cápsula do Tempo, várias personalidades do mundo lusófono, apontaram os seus desejos para o Portugal dos próximos 20 anos. 
Interessante - porque não foi simplesmente um desejo de sonhos realizados e paz no mundo - foi a intervenção de Mourinho: este desejou que Portugal seja em 20 anos um país no qual "se tenha acabado" com um fisco que "transforma uma vida em luta pela sobrevivência" e que os governantes "governem a pensar nos outros e não em si próprio".



"Por favor, que se tenha acabado com a máquina fiscal injusta e cega que castiga tudo e todos, e que transforma uma vida em luta pela sobrevivência", desejando igualmente "conhecer uma sociedade onde as pessoas sejam reconhecidas pelos seus méritos, onde as oportunidades não sejam elitistas, onde os políticos sejam eleitos por competência, e não por aparelhos partidários, onde todos sintamos que quem governa, governa a pensar nos outros e não em si próprio".





De facto, também eu acho que um dos maiores dramas da população portuguesa, é a carga fiscal que têm de suportar. E ironicamente, ou não, já conheci pessoas que fogem dos impostos e ainda não foram "apanhadas", outras que foram e levaram uma reprimenda e foram perdoados, enquanto quem cumpre é tratado como ladrão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.