Domingo, 26 de Novembro de 2006
Ajustes


Um artigo de Marta Rocha

 

O contributo do actual presidente da República, Professor Cavaco Silva para a queda do Governo do Dr. Santana Lopes terá sido o artigo publicado no Expresso "A boa e a má moeda".

Vêm aliás mencionadas as devidas consequências do dito artigo, na recente auto-biografia, um pouco ressabiada (lembrando a de Manuel Maria Carrilho), do Dr. Santana Lopes.

A questão que se coloca agora é se a verdadeira motivação para publicar "Percepções e Realidade" é apenas repôr a verdade (como alega), ou fazer a análise em números, daqueles que ainda são a sua gente e dar algum alento às tropas, pelo tempo que esteve e há-de estar em estado de hibernação política, bem como ajustar contas na devida altura.

Resumindo: Cavaco Silva escreve um artigo que prejudica a governação de Santana Lopes. E agora Santana Lopes escreve um livro. O que será que vem a seguir?



uma psicose de Paulo Colaço às 03:49
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 12:21
link directo | psicomentar

8 comentários:
De Nuno da Costa Ferro a 27 de Novembro de 2006 às 11:41
A seguir os santanistas acordam, com o livro do Pedro na mesa de cabeceira e o PPD/PSD a continuar a descer nas sondagens.

O maior inimigo do PSD é o próprio PSD e enquanto não acabarem estas guerras internas o PS vai continuar lá em cima.


De Anónimo a 27 de Novembro de 2006 às 12:04
nao sei o que vem a seguir, mas seja o que vier, espero que o Santana esteja presente: numa corte onde todos pensam que sao reis, faz falta alguem que ninguem duvida que seja o bobo!


De Anónimo a 28 de Novembro de 2006 às 14:21
Ainda nao li o livro, mas irei lê-lo!!Espero!!!Bobo ou não , diz o que tem a dizer . Mais vale dizer o que se tem a dizer do que ser cinico e hipocrata.

Maria


De Anónimo a 28 de Novembro de 2006 às 14:28
Concordo com o Nuno Ferro quando diz "O maior inimigo do PSD é o próprio PSD e enquanto não acabarem estas guerras internas"; Para que servem estas guerras internas?se o SR. Santana Lopes estava errado como primeiro ministro , o dever dos outros companheiros do partido era chamá-lo atenção e ajudá-lo a ser um excelente e respeitado primeiro ministro... agora "atirarem-lhe pedras"... Tenho a certeza que se ele estivesse no governo as manifetações e a revolta do povo não seria tão grande !!!


De Anónimo a 28 de Novembro de 2006 às 14:29
Concordo com o Nuno Ferro quando diz "O maior inimigo do PSD é o próprio PSD e enquanto não acabarem estas guerras internas"; Para que servem estas guerras internas?se o SR. Santana Lopes estava errado como primeiro ministro , o dever dos outros companheiros do partido era chamá-lo atenção e ajudá-lo a ser um excelente e respeitado primeiro ministro... agora "atirarem-lhe pedras"... Tenho a certeza que se ele estivesse no governo as manifetações e a revolta do povo não seria tão grande !!!

Maria


De Bruno a 3 de Dezembro de 2006 às 18:07
Não sei o que virá a seguir mas espero que na ânsia de criticar Santana não branqueemos tudo o que alguns companheiros de partido lhe fizeram, tirando-lhe o tapete quando assumiu o Governo.

Como diz o Ferro, esta mania que temos de discordar uns dos outros mesmo que sejam nossos companheiros é uma grande chatice.

Como diz Alberto João Jardim, só existe um partido em Portugal onde as pessoas pensam pela própria cabeça: o PSD.

O problema é que nem sempre isso é bem aceite pelo eleitorado. Será a culpa do partido ou do eleitorado?


De Nuno da Costa Ferro a 6 de Dezembro de 2006 às 11:49
Oh Bruno, o problema é que quando pensamos pela nossa cabeça arriscamo-nos a que depois venham pedir-nos a cabeça...


De Bruno a 11 de Dezembro de 2006 às 04:19
Pois é caro Ferro! Agora só temos que decidir se arriscamos o nosso pescoço ou se preferimos conseguir continuar a utilizá-lo para virar a cara...


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.