Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Sentando o Nobel da Literatura no seu lugar

Paulo Colaço, 11.10.12

Estou tão irritado que escrevo este post na própria prancha do sapo e não em word como de costume.

Acabo de ler que a atribuição do prémio Nobel da Literatura está a ser criticada por um artista plástico chinês. Fiquei a sabê-lo disso antes mesmo de saber que já era conhecido o nome do galardoado!

Diz o crítico, Ai Weiwei, que o Nobel não poderia nunca ter sido atribuído a algué que "se dissociou das lutas políticas da China de hoje".

COMO?!

Não basta o Nobel da Paz? Por que razão temos de olhar para o Nobel da Literatura como uma sub-secção do Nobel da Paz?

Basta de prémios politicamente alinhados!

E se amanhã os cubanos vieram contestar o Nobel a Saramago por este nunca se ter oposto à ditadura de Fidel?

As letras não têm partidos!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.