Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Haja decoro, o mínimo de bom senso e, já agora, Sentido de Estado!

Rui C Pinto, 23.09.12

Numa altura em que o conflito social sobe de tom, em que a contestação às políticas e ao governo alastra nas ruas, sou incapaz de perceber a utilidade de vociferar disparates cuja consequencia só pode ser o aumento da crispação social. 

 

Portugal "não pode continuar um país de muitas cigarras e poucas formigas"

 

Miguel Macedo tem outros mecanismos para solicitar a saída do governo na próxima remodelação. Escusa de provocar mais dano ao executivo em praça pública. 

 

Juntar a execução de um programa de austeridade severa com um discurso moralista é insuportável até ao mais racional e responsável cidadão. Não provoquem as pessoas. Mais respeito por quem representam. 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.