Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Decoro!

Diogo Agostinho, 17.09.12

 

Bem sei que o País tem que continuar. Que as pessoas não devem nem podem baixar os braços. Que se deve continuar a incutir o gosto pela política nos mais jovens. Considero até que todos somos políticos. O que varia é a intensidade com que nos envolvemos. A decisão de ir votar, de participar em reuniões, de militar num Partido. 

 

Este sábado as pessoas saíram à rua. Manifestaram-se. Vimos pessoas que normalmente não iam em Manifs... Vimos pessoas revoltadas, insatisfeitas e com uma falta de esperança gritante. 

 

Foi uma forma de reagir e acredito que os confrontos mais para a noite, sejam já fruto de "outras forças" a tentar cavalgar a onda. 

 

Da Praça José Fontana à Praça de Espanha é muito caminho. É muita gente. Em mais de 40 cidades é muita gente. 

 

Ora, perante este sinal que as pessoas deram, não é admissível que o PSD venha falar... da declaração de Paulo Portas. Bem, como é infeliz este cartaz da JSD. As pessoas no sábado saíram e foram muitas, as que saíram do sofá. 

 

Para mobilizar as pessoas é preciso envolvê-las e sobretudo explicar como, para quê e com que objectivo são pedidos sacrifícios. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.