Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Contra o espalhafato marchar, marchar!

Paulo Colaço, 23.10.06

Lido no Público:

A direcção do PSD recusou o desafio de Luís Filipe Menezes para apresentar uma moção de censura ao Governo, classificando a proposta de “disparate”, que serviria apenas para descredibilizar o partido.

"[A ideia] seria um disparate que só serviria para fazer o jogo do engenheiro Sócrates e trazer o descrédito ao PSD", afirmou Álvaro Amaro que disse ainda que o repto lançado por Menezes faz parte de um “tipo de política de espalhafato e oportunista” que a direcção do PSD não apoia.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.