Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Com amigos destes, quem precisa de inimigos?

Guilherme Diaz-Bérrio, 01.11.11

 

O primeiro-ministro grego, George Papandreou, anunciou ontem a realização de um referendo sobre o acordo a que a zona euro chegou na passada semana e que reduz cerca de um terço a dívida grega.

“O povo grego vai decidir”, disse. “Querem o novo acordo? Se os gregos não o quiserem, não será adoptado.”

 

ionline

 

Há uma enorme diferença entre democracia e políticos a tentar salvar a pele depois de anos de irresponsabilidade, brincando com o futuro deles próprios, e mais importante, de outros países.

 

Esta questão também há de ficar para a história: Como não gerir uma crise financeira, como capitulo do manual de como encostar uma instituição política (a UE) contra a parede por não se fazer o que teria de ser feito no tempo certo.

 

Política não é só optar entre a escolha correcta e a escolha facil. Também é fazer a escolha no tempo certo.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.