Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Now what?

Inês Rocheta Cassiano, 11.02.07

É do conhecimento geral, parte do povo português pronunciou-se e manifestou ser a favor da pergunta levada a referendo, ou seja, da despenalização do aborto.

O que importa saber agora, é o que é que vem a seguir? A abstenção superou os 50%, logo o referendo, segundo as palavras do Primeiro Ministro José Sócrates há uns tempos atrás, não seria vinculativo. No entanto, muito recentemente, José Sócrates voltou com a palavra atrás e afirmou que se o 'SIM' ganhasse, o referendo seria vinculativo e a proposta iria ser posta em discussão na Assembleia da República.

Com tanto diz que não disse, e agora vamos mudar o que dissemos e vamos dizer uma coisa completamente diferente, qual é o destino da Interrupção Voluntária da Gravidez em Portugal?

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/3