Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

PSICOLARANJA

O lado paranóico da política

Quando for grande, também quero!

Guilherme Diaz-Bérrio, 15.09.11

 

 

Estado assume dívida de mil milhões de euros do BPN à CGD

Diario Económico

 

Como eu adoro a arte de bem "negociar".

 

Temos um banco falido, onde o Estado, via CGD, injectou 5,3 mil milhões de euros. Temos outro banco que quer aumentar a presença em Portugal. Que fazer? Pagar 40 milhões de euros por um banco com ainda (alguns) depósitos e créditos, com provisões para créditos mal parados, mas deixar para o Estado 4,9 mil milhões de euros que foram precisos para tapar o buraco.

 

Quando for grande, também quero comprar bancos assim! Nem o Champalimaud se lembrou desta (e olhem que estamos a falar do homem que comprou um banco com o dinheiro do próprio banco!).

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.