Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011
Pobres agências de rating vitimas de tanta incompreensão mundial... (2)

In what is being characterized as nothing more than a confluence of events, The New York Times is reporting that the U.S. Department of Justice (DOJ) is conducting an investigation of the Standard & Poor’s ratings agency. The investigation ostensibly pre-dates S&P’s lowering of the country’s credit rating from AAA to AA+, a move which engendered a firestorm of criticism, highlighted by the Treasury Department’s contention that the downgrade was the result of a $2 trillion accounting error. S&P acknowledged the error, but downgraded America’s credit rating anyway, citing Washington’s inability to find $4 trillion in deficit reduction over ten years as the primary reason for the change.(...)

 



uma psicose de jfd às 21:24
link directo | psicomentar

14 comentários:
De jfd a 19 de Agosto de 2011 às 21:28
tadinhos dos especuladores e seus amigos.....
que dizer agora para os defender?
Hã?
Gui, Carlos e Ricardo?
Aguardo ansioso o vosso spin ;)))))))


De David Soeiro a 19 de Agosto de 2011 às 23:56
São estes senhores que numa sexta feira davam a notação AAA ao Lehmn Brothes e nesse mesmo fim de semana o banco faliu! Grandes filhos da P...


De Carlos a 20 de Agosto de 2011 às 16:07
Ponto 1 - Não discordo. Quanto mais se investigarem as agencias de rating melhor. Existe a ideia, que estas não são investigadas ou reguladas. As agencias de rating sempre estiveram disponíveis para responder a qualquer questão ou qualquer investigacao.

Ponto 2 - Discordo do rating da S&P porque aproximou-se demasiado do criterio de risco politico, que não deveria ser o maior factor para o downgrade

Ponto 3 - A Lehman tinha rating A- e não AAA porque durante anos escondeu a verdadeira dimensao da exposiçao ao mercado imobiliario.


De jfd a 21 de Agosto de 2011 às 18:56
Carlos obrigado pelo teu comentário,

mas quanto ao ponto 3 é dificil de engolir.....
E tu sabes que sim... ora se a jornalista que agora não me lembra o nome já lhe cheirava que era essa a prática, quantas pessoas mais não desconfiavam... Vais-me dizer que não foi feita due deligence? Que as agências foram agentes passivos? Eu sei que tu sabes que não é essa a sua missão.....
Man... be real!

;)))))


De David Soeiro a 21 de Agosto de 2011 às 20:21
Caro Carlos, mesmo sendo A-, está muito acima do rating de Portugal. E se o Lehman tivesse o nosso rating? Qual seria o comportamento dos "mercados"?

|

De jfd a 21 de Agosto de 2011 às 20:39
Er.....David Soeiro..... aconselho a consulta disto sobre os irmãos limão....

http://en.wikipedia.org/wiki/Lehman_Brothers

|

De Carlos a 22 de Agosto de 2011 às 10:17
Jorge,

Nao discordo do que dizes. Mas em beneficio da dúvida se isto foi o que eles pensaram (em baixo) não sou eu que conseguiria avaliar melhor.

www2.standardandpoors.com/spf/pdf/fixedincome/Lehman_Brothers.pdf

|

De jfd a 22 de Agosto de 2011 às 16:20
Vou ler assim que possível.

Mas atenção que li o House of Cards e o Too Big to Fail e é daí que vem muita da minha info. Embora não a tenha top of mind posso sempre ir aos livros buscar os nomes que, sendo estranhos para mim, para voces devem ser mais que conhecidos...

|

De David Soeiro a 22 de Agosto de 2011 às 19:08
Isto é uma treta. Segundo a agência, tudome leva a entender que o Lehman tinha capacidade de gerar lucros. Se O BPN tivesse tido uma notação boa, também teria boa capacidade de gerar lucro. Que o diga Mira Amaral, Amorim e a cor de chocolate. E que lucros.


De Carlos a 22 de Agosto de 2011 às 23:33
Mas David Soeiro, qual treta? O que tem a ver o cú com as calças?

A S&P não diz em lado nenhum que não baixou o rating por que esta empresa tinha lucros. O que lhe custa entender a si e a maioria dos iluminados que comenta agências de rating, é que não percebem o que é um rating. É tão simplesmente a capacidade da empresa/transacção/país pagar a tempo e horas o que deve em juros e principal. Ora se a Lehman está sentada em 42 mil milhões de activos líquidos com facilidade paga o que deve, e tem crédito para pedir mais.

Em hindsight somos todos experts.


De David Soeiro a 24 de Agosto de 2011 às 08:22
É claro que não sabemos o que é o rating porque somos uma cambada de ignorantes. Isso é uma ciência só para iluminados mas que os ignorantes sentem no bolso, e que os espertalhões metem a mão para esvaziar o pouco que lá tem. Essa é a verdade nua e crua do rating .
Cada dia que passa, estamos mais pobres mesmo sem mover uma palha por culpa de gente sem qualquer tipo de escrúpulos onde o dinheiro é rei e senhor venha de onde vier e seja de que forma for. Volto a dizer. TRETA!


De Carlos a 24 de Agosto de 2011 às 09:56
Olhe David, a próxima vez que for a um banco pedir um empréstimo vá com essa ladainha e boa sorte. Se voce sofre no bolso com o corte do rating, nao tivesse durante anos assobiado para o lado e deixasse que o país gastasse o que nao tem.


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.