Domingo, 11 de Fevereiro de 2007
Quero ser Presidente....

Um artigo de Adriana Neves

 

Este país não vive só de más iniciativas e a prova disso é um jogo de computador educativo que foi lançado e que se chama: Quero ser presidente.
 

Este jogo pretende criar nas crianças uma formação cívica para a cidadania. Os conteúdos do jogo estão divididos de acordo com a faixa etária a que se destinam e tem várias actividades lúdicas desde: Ordenar Sequências; Puzzles; Simbolos Nacionais; Desenhar e é, ainda, possível fazer-se uma visita pela Junta de Freguesia, Câmara Municipal, Assembleia da República e Palácio de Belém.

Esperemos que o software do jogo não tenha sido elaborado com inspiração no trabalho do nosso primeiro ministro ou de outros presidentes que tem sido uma nódoa para o nosso pais quer a nivel local quer nacional.


uma psicose de Paulo Colaço às 01:07
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 13:02
link directo | psicomentar | psicomentaram (3)

Terça-feira, 14 de Novembro de 2006
Crime Perfeito
Um artigo de Adriana Neves
 
O PS torna a ser tema de um post deste blog e desta vez por uma medida "especial". Os deputados socialistas querem criar um Procurador Especial para exercer a acção penal sobre titulares de cargos políticos suspeitos de crimes graves. Segundo a proposta do PS, o Procurador Especial ira exercer as suas funções com estatuto idêntico ao do Ministério Público sendo que as funções cometidas ao Procurador Especial não prejudicam os direitos dos assistentes constituídos no processo

Agora questiono: Será que vale a pena a criação de um procurador especial? Será que esta medida não discrimina outros tipos de crime e consequentes arguidos? Será que o PS também vai aplicar aos seus políticos?

Em suma, a nossa justiça tem imensos problemas para resolver e não me parece que a criação de um Procurador especial contribua para um aumento da sua celeridade e para resolução dos outros problemas.


uma psicose de Paulo Colaço às 23:50
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 12:17
link directo | psicomentar | psicomentaram (2)

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006
Cidade das Mulheres

Um artigo de Adriana Neves

 

 

 

Andava a "passear" pela imprensa espanhola e não resisti em partilhar convosco uma noticia do jornal "La Voz de Galicia".


O Município de Chongqing, no centro da China, planeia inaugurar daqui a três anos a primeira cidade feminina do país. O projecto foi aprovado pelo governo de Chongqing, e a cidade das mulheres terá uma área de 2,3 quilómetros quadrados ao redor do lago Longshui.
À entrada deste novo núcleo urbano estará um cartaz que diz: «As mulheres têm sempre razão e os homens nunca deverão rejeitar os seus pedidos». A cidade será uma sociedade matriarcal, onde as mães se responsabilizarão pela totalidade dos assuntos familiares e, juntamente com as esposas e namoradas, terão a capacidade para permitir ou proibir os homens que desejem ir às compras.

Se a moda pega no resto do Mundo......


uma psicose de Paulo Colaço às 19:57
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 12:16
link directo | psicomentar | psicomentaram (8)

Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006
Com ou sem véu?

Um artigo de Adriana Neves
 
A comunidade muçulmana dispersa pelo Mundo, apesar de estar fora do seu habitat natural, mantém as suas tradições sendo que uma delas é o uso de certos símbolos. Todavia, por vezes, o uso destes símbolos é sinónimo de violência, perseguição e discriminação.

Após a polémica que surgiu em França, agora é a vez desta surgir em Inglaterra onde governo britânico considera o uso destes símbolos uma marca de separação da comunidade muçulmana. A atitude inglesa tem por base o caso de uma professora muçulmana que se recusava a tirar o véu para dar as aulas e que processou a instituição onde trabalhava por discriminação, assédio e perseguição. O tribunal decidiu condenar a escola ao pagamento de 1400 euros por perseguição, mas negou as acusações de assédio e discriminação.

Em suma: onde esta a liberdade religiosa? Porque que os paises não se insurgem contra os simbolos catolicos que muitas pessoas usam? Onde esta a igualdade entre todas as religiões?Será que esta tendência se vai espalhar para outros paises?


uma psicose de Paulo Colaço às 14:44
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 12:15
link directo | psicomentar | psicomentaram (18)

Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006
Serviço Nacional de Saúde

Um artigo de Adriana Neves

 

 

O ministro Correia de Campos, numa entrevista a Antena 1, anunciou que, a partir do próximo ano, passariamos a ter "taxas de utilização" a cobrar por internamentos e cirurgias ambulatória. Estas taxas de utilização e toda a politica que as caracteriza, conduzirão a mudanças drásticas no Serviço Nacional de Saúde. Estas taxas, também, deixam no ar o problema da inconstucionalidade. Será que estas alterações põe em causa o artigo 64º da Constituição?

Em relação a esta polémica e outras afins, faço minhas as palavras do Eça:



uma psicose de Paulo Colaço às 01:58
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:54
link directo | psicomentar | psicomentaram (4)

Domingo, 8 de Outubro de 2006
Perseguição Policial


Noticia de última hora da SIC no fim do jornal da tarde: "Dois jovens baleados pela GNR em Gaia após roubo de viatura".

 

Um artigo de Adriana Neves

 

 

Todos os dias nos "entram " em casa noticias de perseguições, de roubos, de sequestros e na maior parte das vezes a comunicação social tenta manipular a opiniao pública. Esta noticia é uma prova dessa tentativa de influência. Porquê que a jornalista não salientou o trabalho da policia em vez de enfatizar o resultado da perseguição?
Em relação as forças policiais, a opinião pública peca por falta de coerência. Senão vejamos, se a policia não actua nas situações é criticada mas por outro lado se a policia persegue ou utiliza dos meios que tem a sua disposição também é criticada e mais é julgada por isso (exemplo da perseguição da semana passada no Porto onde o militar da GNR ja está indiciado por um crime de homicídio simples com dolo eventual). Para mim, esta falta de coerência da opinião pública, muitas vezes, é fruto do trabalho dos mass media e da sua falta de imparcialidade.



uma psicose de Paulo Colaço às 15:43
editado por Essi Silva em 11/12/2015 às 18:02
link directo | psicomentar | psicomentaram (7)

Quinta-feira, 5 de Outubro de 2006
Imigração ilegal


Um artigo de Adriana Neves

 

Todos os dias nos surpreendemos com as noticias do mundo...O Presidente Bush promulgou uma lei que garante o financiamento da construção de um muro ao longo da fronteira com o México para combater a imigração ilegal. Sera que estamos a retroceder no tempo? Sera que todas as medidas que o Presidente Bush toma tem que ter como requisto essencial certa e determinada insanidade?

A imigração ilegal é um problema de muitos paises (incluindo ate Portugal) e sem duvida que afecta bastante os EUA. De acordo com as estatisticas vivem nos EUA 12 milhoes de imigrantes ilegais sendo que a maior parte deles entra através da fronteira mexicana.
Todavia não me parece que a construção de um muro seja a resolução do problema. Apesar de existirem outras medidas possiveis partilho da opiniao do Presidente da Comissão Europeia que numa entrevista a EuroNews dizia que o problema da imigração ilegal, para alem de ser resolver com medidas de segurança, se resolveria com "o desenvolvimento a longo prazo dos países de origem dessa imigração".
 



uma psicose de Paulo Colaço às 14:38
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:52
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

Domingo, 1 de Outubro de 2006
Fornecemos explicações!



Um artigo de Adriana Neves

 

 

 

De acordo com o Sol, os autarcas do PS vão receber um manual de instruções sobre a Lei de Finanças Locais, fornecido pelo Partido Socialista, e com o objectivo de demonstrar que "as regras que o Governo quer aprovar são boas para os autarcas, ou, pelo menos, que não são tão negativas como o Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP) tem feito crer."

Esta noticia levanta algumas questões como:
- porque é que só os autarcas do PS é que são abrangidos?
- porque é que é o Partido Socialista a explicar a Lei das Finanças Locais e não Governo?
- será que é a prova que os autarcas do PS precisam, como muitos alunos deste país, de frequentar centros de explicações para aprender a fazer contas tendo como bibliografia obrigatória este manual?

Enfim, este manual de instruções e a sua consequente divulgação só demonstra, mais uma vez, a incoerência deste Governo, a discriminação com os demais autarcas e a violação de um direito de informação na medida em que não permite a explicação da lei a todos os intervenientes.



uma psicose de Paulo Colaço às 01:43
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:49
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

Terça-feira, 26 de Setembro de 2006
Preservar: sim ou não?


Um artigo de Adriana Neves

 

 

 

 

De acordo com o Diario de Noticias, os jovens turistas cada vez mais preferem fast food! Citando o jornal: "Em zonas como o Rossio, a Baixa ou o Terreiro do Paço, os hambúrgueres, as baguetes e as pizzas tomam conta dos almoços e jantares de grande parte dos turistas que visitam a capital. Comida típica portuguesa só no prato dos vistantes mais experientes e com maior poder de compra."
Perante tal noticia so me resta pensar que nos estamos a tornar no paraiso do fast food.Onde esta o nosso orgulho em preservar as nossas tradiçoes ?
É de lamentar que o povo portugues so saiba defender a cor da bandeira durante os campeonatos de futebol e não defenda sempre as suas tradiçoes culturais ou gastronómicas. Contudo tambem é de lamentar que por parte das entidades competentes nem sempre haja os incentivos necessarios.
Bem com tanto fast food pouco falta para nos tornarmos uma colonia gastronomica americana!Qualquer dia ate pensam que os nossos pratos típicos sao: o hamburguer ou a baguete de atum....



uma psicose de Paulo Colaço às 23:29
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:48
link directo | psicomentar | psicomentaram (8)

Sábado, 23 de Setembro de 2006
China vs Investimento

 


Um artigo de Adriana Neves

Enquanto percorria a revista de imprensa deste nosso Portugal deparei-me com a seguinte noticia: "Em declarações aos jornalistas no final de um encontro que manteve com o chefe do Executivo de Macau, Edmund Ho, o ministro Mário Lino defendeu que o investimento chinês em Portugal é reduzido"

Sera que o nosso ministro so faz o percurso de casa para o ministerio e vice versa? So assim se justifica que diga que o investimento chinês em Portugal é reduzido mesmo com o número de estabelecimentos comerciais e de investimento empresarial chines por este pais fora.

Bem 再见 (adeus) é melhor começar a falar em chines porque depois de tanto investimento não se vai ouvir outra lingua :P

Adriana

p.s- se ja se quiserem ir habituando ouçam a radio onda viva (96.1 FM) entre as 14h 1 as 15h

 



uma psicose de Paulo Colaço às 23:09
editado por Essi Silva em 20/12/2012 às 11:45
link directo | psicomentar | psicomentaram (7)

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.