Quinta-feira, 30 de Abril de 2009
Quem quer casar com a culpa socialista?

O cartaz do PS engana-se na data da adesão de Portugal à CEE: a culpa é da gráfica.

O tempo de antena do PS usa abusivamente imagens de crianças em ambiente escolar: a culpa é da produtora.
O nome do líder do PS tem estado associado ao caso Freeport: a culpa é dos jornalistas.
 
Esta e outras escapatórias do PS fazem lembrar um famoso texto judaico: “O culpado que nega as suas culpas - dobra-as”.


uma psicose de Paulo Colaço às 23:56
link directo | psicomentar | psicomentaram (7)

O futuro de Lisboa e a actual Presidente da AM eleita pelo PSD

"Lisboa, no estado em que se encontra, exige um perfil de muito rigor e algum ascetismo. Gostaria de ver alguém que tem um discurso para Lisboa e que já fez por Lisboa".

 

"É evidente que não penso que esse seja o perfil de Pedro Santana Lopes". - Paula Teixeira da Cruz, no Jornal Expresso citando a Agência Lusa, 30-04-2009.

 

Todos somos livres de expressar o que sentimos. E defendo que assim seja. Sempre!Contudo há coisas que sinceramente não consigo compreender no PSD...



uma psicose de Luís Nogueira às 15:42
link directo | psicomentar | psicomentaram (14)

A Crise é de Valores

 

Pelo que vemos hoje, o combate político irá centrar-se nas qualidades pessoais dos candidatos: integridade, honestidade, seriedade, carácter, educação, postura, etc. Infelizmente, no cenário político actual, impera a avaliação destas coisas, em vez do debate de ideias, ideais, estratégias, planos de acção, medidas e soluções.
 
Todos sabemos que o povo prefere ouvir falar do acessório, mais do que do essencial. Mas o facto é que os políticos de hoje “se puseram a jeito”. Não faltam escândalos de corrupção, compadrios e afins, que todos sabemos serem verdade. Até porque, por vezes, esses casos se passaram connosco ou com alguém próximo, não é preciso tribunais para o provar.
 
Além disso, a maioria dos políticos de hoje é hipócrita. Regem-se por aquele velho ditado “Olha para o que eu digo, não para o que eu faço”. Todos são a favor da ética, da transparência, da verdade. Mas depois não a praticam. Aliás, muito pelo contrário.
 
Para melhorar a política, é importante haver sentido de missão no desempenho dos cargos. É essencial, que os políticos coloquem, de uma vez por todas, os interesses colectivos á frente dos interesses pessoais.
 
Temos de voltar à política que existiu nos primeiros 20 anos após o 25 Abril 1974, quando as pessoas confiavam nos políticos, consequência dos seus bons desempenhos e da sua preocupação real com o país. Com isso, as pessoas com mais capacidade não fugiam da política, e portanto não deixavam lugar vago aos mais incompetentes, interesseiros e vigaristas.
 
Além do sentido de missão – que por vezes, ainda se vê em alguns (poucos) políticos – é preciso haver coragem. Alguns até têm capacidade, mas falta-lhes a coragem política para implementar medidas. Dizem-se todos muito determinados e decididos, mas depois é o que se vê.
 
Tal como dizia Pedro Lomba há uns tempos no DN: "Fazer de Portugal um sítio governável implica actuar sobre as causas que há 10 anos nos impedem de crescer. Que valor pode ter um Governo de maioria absoluta, que se mostra incapaz de afrontar os problemas essenciais do País? A estabilidade depende dessa coragem e não das maiorias absolutas."
 
Também muito importante, é manter o respeito pelos cargos públicos. Chega a ser chocante, o desrespeito dos políticos de hoje pela posição que ocupam. Por exemplo, José Sócrates, aquando da ida do coro do Colégio Militar, a São Bento cantar as janeiras, disse que agradecia e fazia votos de querer voltar a vê-los no próximo ano, no mesmo local. Ora esta afirmação – proferida nestas circunstâncias – mais do que partidária, é de um baixo cariz eleitoralista e demonstra desrespeito pelo cargo que ocupa.
 
Além do respeito pelos cargos, há também que lembrar o respeito pelas instituições. A utilização partidária e egocêntrica, de algumas instituições, por parte de alguns governantes é incrível. Tudo serve para ser utilizado a seu bel-prazer sem olhar a meios nem a consequências, desde que sirva os seus interesses (veja-se o recente caso do vídeo sobre o Magalhães, utilizado num tempo de antena do PS).
 
Há uma tendência para, quem está no poder, ir tomando conta de todos os sectores. Os partidos colocam os seus boys nos lugar-chave, e chamam a si o controlo de bancos, empresas e projectos de interesse estratégico e estruturante (como o Porto de Lisboa, o TGV, o Aeroporto ou a 3ª travessia do Tejo).
 
E depois, todas essas pessoas que gravitam á volta do poder de Lisboa, também contribuem para a degradação da democracia. Principalmente porque lhes falta carácter e dignidade.
 
Todos os dias vemos, por diversas vezes, pessoas a prestar-se a cenas indiciadoras de posturas de uma subserviência e de uma bajulação demasiado evidente. Tentando assim colher a sua parte dos “lucros”, obter favores, empregos ou cargos.
 
Infelizmente a política de hoje em dia está num estado lastimável. Toda ela é orientada para os interesses pessoais em detrimento dos reais interesses do país. E depois, em anos eleitorais, baseia-se em propaganda, principalmente nos média. (Montam-se espectáculos que mais parecem circos, onde se fazem promessas que, como de costume, não se vão cumprir).
 
Nisto, também os média têm uma grande responsabilidade. Um dos grandes problemas do cenário político português, são os meios de comunicação “dita” social. Eles que deveriam ser o veículo de transporte, da mensagem real entre governantes, partidos e eleitorado.
 
Ou seja, a política está mal, muito mal. A ligação entre ela e o povo está pior ainda. Como vamos nós sobreviver a isto? Mergulhados que estamos numa crise financeira, económica, social… mas principalmente numa crise de valores…
 
Psico-Convidado: Luis Melo

 



uma psicose de PsicoConvidado às 00:03
link directo | psicomentar | psicomentaram (21)

Quarta-feira, 29 de Abril de 2009
UV 2009 à vista!

Já é conhecida a data da sétima edição da Universidade de Verão da JSD, PSD e do Instituto Sá Carneiro.
De 24 a 30 de Agosto, uma nova turma de 100 uvianos brilhará no Sol e Serra, em Castelo de Vide.
Estejam atentos às caixas de correio e ao site da JSD para saberem quando começam as inscrições.
 



uma psicose de Paulo Colaço às 18:50
link directo | psicomentar | psicomentaram (13)

Pedro Passos Coelho diz "Não ao Bloco Central"

Num artigo de opinião no Jornal de Negócios, intitulado "Não ao Bloco Central", Passos Coelho escreve que "o PSD não poderá nunca ser visto como a muleta de governo do PS" porque "deve ter a ambição de ser a alternativa de governo ao PS", alternativa "real e não meramente formal".

"Qualquer dúvida a respeito do futuro posicionamento do PSD face a soluções de governo partilhado apenas agrava a sua fraqueza como pretendente à vitória nas eleições legislativas. Neste aspecto, portanto, não pode haver lugar nem a equívocos nem a 'gaffes'", acrescenta, defendendo que o partido recuse "categoricamente" uma futura aliança com o PS.

Este artigo de Pedro Passos Coelho surge dois dias depois de a presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, ter sido questionada em entrevista à SIC sobre o cenário com que se sentiria mais confortável, se uma aliança com o CDS-PP ou um novo Bloco Central com o PS.

 

http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS_OPINION&id=365504#



uma psicose de jfd às 12:53
link directo | psicomentar | psicomentaram (30)

O PSD "socializou-se"

 

A Política de Verdade, o PSD e a sua Líder já podem ser encontrados nas redes sociais. Toca a socializar... no bom sentido!
O objectivo é passar a palavra, mobilizar, unir e fortalecer as hostes. Porque todos somos poucos no combate por Portugal!
 
Twitter (Siga a Verdade)
Facebook (Manuela Ferreira Leite)
Hi5 (Política de Verdade)
Política de Verdade (site oficial)
 
NOTAA força da liderança - As redes sociais do PSD mostram grande dinâmica. MFL ultrapassou em menos de 24 horas os "apoiantes" de Paulo Portas, com perfil de Facebook criado há meses. Por este andar, os apoios de Sócrates parecerão mínimos face aos da líder do PSD. Que se revertam em votos, a bem de Portugal!


uma psicose de Paulo Colaço às 03:47
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

O engano do Futebol português

É por todos conhecida a situação financeira precária de clubes profissionais de futebol, que militam na Primeira Liga, como são o caso do Estrela da Amadora e do Vitória de Setúbal. Segundo consta estes clubes têm ordenados e prémios de jogo em atraso, levando alguns profissionais e as suas famílias ao desespero.

 

Pude ler que Hermínio Loureiro, Presidente da Liga de Clubes reafirmou, esta terça-feira, a intenção de convencer os clubes a aprovarem na próxima semana a impossibilidade de inscrição daqueles que não tenham todos os ordenados em dia. 

 

Á partida, esta posição deveria ter vigorado desde sempre. Será que os responsáveis e dirigentes desportivos, não se apercebem do estado actual do futebol profissional em Portugal? Estádios vazios. Alguns abandonados. A qualidade péssima do espetáculo desportivo. E os actores do jogo, esses, cada vez mais mal tratados. É pena que ainda haja quem pense, que o futebol em Portugal são apenas 3 equipas. Então e as outras?



uma psicose de Luís Nogueira às 01:32
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

Terça-feira, 28 de Abril de 2009
Magalhães: magia socialista!

Segundo o Público, a história é simples:

O Ministério da Educação pediu a uma escola que permitisse filmagens de alunos a utilizar o computador Magalhães.
Ninguém sabe como, mas essas imagens foram aparecer num tempo de antena do PS.


uma psicose de Paulo Colaço às 18:31
link directo | psicomentar | psicomentaram (9)

Nova imagem a ser lançada

 

Eu gosto!



uma psicose de Diogo Agostinho às 14:00
link directo | psicomentar | psicomentaram (20)

Nunca gostei de Blocos...

 

 

Ontem na SIC, em entrevista a Mário Crespo soaram os alarmes com a declaração da Dra. Manuela Ferreira Leite. Mais tarde, apareceu um comunicado de imprensa de que era contra a ideia de Bloco Central.

 

Não sei se foi uma declaração abusiva ou não. Sei que como refere a frase que está no púlpito, a Presidente do PSD é a ALTERNATIVA, e não a muleta do Eng. Sócrates.

 

Bloco Central: NÃO, OBRIGADO!



uma psicose de Diogo Agostinho às 09:21
link directo | psicomentar | psicomentaram (9)

Segunda-feira, 27 de Abril de 2009
Números ou Rigor?

 

 

             O Governo anunciou, a semana passada, o alargamento da escolaridade obrigatória do 9º ano para o 12º ano. De facto os números do abandono escolar, infelizmente, ainda se fazem notar em grande escala em Portugal. Pessoalmente, acho que é uma medida importante para combater esses números e uma oportunidade para elevar o nível de exigência no que toca ao ensino. No entanto é isso que me preocupa, para haver tal alargamento é necessário ter em conta tudo o que rodeia o ensino hoje em dia, desde a falta de vontade de muitos jovens em estudar até às dificuldades económicas que muitos jovens enfrentam para que possam estar 12 anos a estudar.

            Além disso tenho dúvidas da forma como a implementação deste alargamento poderá vir a ser eficiente, será que para que “todos” possam acabar o 12º ano se irá baixar mais o grau de exigência do nosso ensino? Mais uma vez iremos nós concorrer para uma tabela de números redondinhos em vez de promover a qualidade dos nossos futuros profissionais?

 

 

 

 



uma psicose de Tânia Martins às 22:13
link directo | psicomentar | psicomentaram (13)

No meu tempo é que era...

 

O antigo Presidente da República, Mário Soares, alertou hoje para a necessidade de os Estados membros da União Europeia trabalharem em conjunto, mas lamentou que os actuais líderes sejam «fracos e com pouca preparação» em relação aos do passado.

in Diário Digital

É preciso lata. Depois de chamar "velho" a Durão Barroso este jovem Soares continua imparável. Não lhe chegou a lição que alegremente levou nas Presidenciais?

 

Mas esperem. Essa coisa dos actuais líderes também está incluído, o seu mais recente amigo Sócrates?



uma psicose de Diogo Agostinho às 18:50
link directo | psicomentar | psicomentaram (3)

Domingo, 26 de Abril de 2009
Santo Condestável

 

Hoje, um dia depois do aniversário de uma revolução levada a cabo por militares, deu-se a canonização de um militar que se elevou acima de todos os outros: Nuno Álvares Pereira, o nosso Santo Condestável.

 

Tal como o é para o nosso Presidente da República, é para mim também um orgulho e uma alegria imensa ver reconhecida a santidade de Frei Nuno de Santa Maria.

Um exemplo perfeito do que devemos todos procurar ser: Um homem santo, que buscava, a toda a hora, a dignificação da Nação e do povo que amava, sem preocupações materiais ou fúteis.

 

Assiste-me, neste momento, um sentimento de gratidão enorme por um país que criou tão nobre personalidade!

Salvé S. Nuno de Santa Maria!



uma psicose de André S. Machado às 20:44
link directo | psicomentar | psicomentaram (21)

Sexta-feira, 24 de Abril de 2009
Nós, europeus

Telma Monteiro conquistou esta sexta-feira a medalha de ouro nos Europeus que estão a decorrer na Geórgia, ao vencer na final da categoria -57kg a inglesa Sarah Clark. É o terceiro título europeu da atleta.

:)



uma psicose de Paulo Colaço às 23:35
link directo | psicomentar | psicomentaram (4)

VITAL neutralizado, fica desVITALizado

Já poucos põem em causa a escolha de Rangel para cabeça-de-lista às Europeias.

Vital nem as vê chegar!

Cá está: a diferença entre candidatos que vestem com seriedade a camisola do combate e candidatos de conveniência que pensam fazer o passeio à pato...



uma psicose de Paulo Colaço às 23:16
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

Memória e História

 

Otelo Saraiva de Carvalho foi promovido a Coronel. Uma promoção nada tranquila, em virtude de declarações do próprio, que se vai colocando num plano muito superior aquele que é o dele.

 

Neste momento, em  que as Forças Armadas portuguesas promovem Otelo, assiste-me um sentimento de desilusão e tristeza. Pobre país o nosso, que não tem memória histórica!

O próprio facto de escrever sobre Otelo não me agrada, mas não posso deixar de lamentar e manifestar toda a minha indignação pela promoção de alguém que esteve ligado a uma organização terrorista que matou 17 inocentes! As FP-25 são uma mancha sangrenta na história de Portugal! Envergonho-me pelo meu país, por nunca ter sido feita justiça!

 

Presto, aqui, a minha sincera homenagem a todos aqueles que foram vítimas das FP.

Endereço, também, a minha solidariedade ao Manuel Castelo-Branco.

 

Hoje, a minha sugestão para o fim-de-semana do 25 de Abril é um apelo à reflexão... Que neste aniversário não se fale só em cravos, Zeca Afonso, Cunhal e Soares. Uma efeméride não pode ser só homenagem e recordação: Pode e deve ser reflexão e crítica.



uma psicose de André S. Machado às 16:38
link directo | psicomentar | psicomentaram (10)

27 anos a liderar!

 

Faz agora 27 anos que Jorge Nuno Pinto da Costa assumiu o poder no Futebol Clube do Porto. É uma marca íncrivel. Liderar tantos anos, após tantas polémicas, tantos casos, tantos sucessos e mantém-se com a mesma capacidade de manter unido um clube regional que conseguiu sob a sua batuta ser internacional. Tem um sentido refinado de humor e uma capacidade enorme de ironia.

 

Não sou portista, mas não deixo de referir aqui, a quantidade de vezes que já ouvi: "Quem me dera ter um Pinto da Costa no Sporting ou no Benfica".

 

Relembro ainda a resposta de Pinto da Costa a José Eduardo Moniz depois de ao longo de uma entrevista inteira ter recusado qualquer interferência em processos obscuros: (referida na Formação do fim-de-semana passado)

 

- (José Eduardo Moniz) O Presidente é um anjo não?

- (Pinto da Costa) José Eduardo Moniz, eu anjo não sei, mas anjinho não sou de certeza!

 

Este foi o grande líder nacional do Pós 25 de Abril.



uma psicose de Diogo Agostinho às 14:11
link directo | psicomentar | psicomentaram (11)

Vão lá vocês que eu estou bem aqui sentado

Manuel Alegre diz que gostava de criar um partido para dar uma lição aos já existentes.

Estranho: ele não é um dos pais-fundadores de um deles?

Quem foi que disse a Manuel Alegre que a criação de outro partido não daria (de novo) para o torto?

Mais: que credibilidade merece um homem que, estando sempre a ameaçar, acaba por vir dizer que não se está para maçar?



uma psicose de Paulo Colaço às 02:28
link directo | psicomentar | psicomentaram (4)

Quinta-feira, 23 de Abril de 2009
IFSC em acção

 

Debater a Europa e a Política Internacional é o objectivo deste espaço de reflexão e discussão promovido pelo Instituto Sá Carneiro.

Um blog a visitar e participar.



uma psicose de Paulo Colaço às 16:49
link directo | psicomentar | psicomentaram (7)

E apareceu Rui Rio

 

O PSD vai hoje defender no Parlamento o seu projecto de lei que criminaliza o enriquecimento ilícito, em relação ao qual disse esperar "um consenso muito alargado"

 

E quando o PSD avança com esta medida, surge na véspera o 1º Vice-Presidente a criticar a medida.

 

Sim, somos um Partido plural e livre, sim acreditamos que existe espaço para todos, e quando algúem não concorda deve e bem referir.

 

Mas, a minha dúvida vai mais além do que Rio concordar ou não, pois tem todo o direito de ter opinião própria. A minha pergunta é onde anda Rui Rio a defender as ideias que concorda da Dra. Manuela Ferreira Leite? Onde está na luta contra o Governo de Sócrates? Ele não é um simples militante! É apenas e só o número 2 do PSD, quem substitui a líder em caso de ausência.

 

Depois da falada divergência na escolha do candidato às Europeias, que não foi desmentida, mais uma?



uma psicose de Diogo Agostinho às 11:04
link directo | psicomentar | psicomentaram (19)

Apeteceu-me postar para quotas


uma psicose de Paulo Colaço às 00:20
link directo | psicomentar | psicomentaram (1)

Quarta-feira, 22 de Abril de 2009
Incrível...

É com tristeza que vejo as reacções ao final da entrevista do Primeiro Ministro de Portugal.

E foi com vergonha que vi o que se passou.

Um nível trauliteiro. Baixo. Demasiado incomodado. Nada confortável e demasiado à defesa.

Mais que tudo, não há quem se indigne por ver o Primeiro Ministro da República Portuguesa ter de se defender de tal forma na Televisão Pública?

Mais que todas as guerras entre TVI e DN, não vos fere o orgulho de ser Português, ver isto acontecer?

Mais que todas as guerras PS e o resto do mundo não vos custa ver o que acontece na política portuguesa?

Mais que todos os amuos e más indisposições do Primeiro Ministro, onde fica o comportamento tranquilo de quem tem, também, uma consciência tranquila?

Mais que tudo o que se passa, não vos pesará na consciência não ter a consciência critica que em tempos tiveram com outro Primeiro Ministro acusado de tudo e mais alguma coisa?

Vergonhoso, triste e indefensável.

Com tantos advogados neste país, os que andam por este blog não me podem explicar que forma teria o PM de se colocar de lado e se disponibilizar para limpar o seu certamente bom nome no meio desta barafunda toda digna dum país produtor de bananas?



uma psicose de jfd às 15:15
link directo | psicomentar | psicomentaram (3)

Temos Lista!!!!!

 

   

     

 

O PSD votou ontem, por unanimidade, a lista para o Parlamento Europeu que irá a votos no próximo dia 7 de Junho.

 

Estas são algumas das caras:

Paulo Rangel, Carlos Coelho, Graça Carvalho, Mário David, Regina Bastos, Maria do Céu Patrão, Joaquim Biancard Cruz, Marina Leitão Amaro e José Mendes Bota.



uma psicose de Diogo Agostinho às 09:49
link directo | psicomentar | psicomentaram (13)

A liberdade de usar o nome do antigo ditador

 

A Câmara de Santa Comba Dão (PSD/CDS-PP) comemora sábado os 35 anos do 25 de Abril com um programa que inclui a inauguração das obras de requalificação do Largo António Oliveira Salazar, nome do ditador natural do concelho.

 

Está certo que as mentalidades mais sensíveis aos tormentos do anterior regime, não querem nem podem sequer ouvir falar do nome de António Oliveira Salazar. Prova disso mesmo, foram as manifestações ocorridas no passado recente em Santa Comba Dão.

 

Compreendo o sentimento e a atitude destas pessoas. Mas estão errados. Não devemos reescrever a história ou tentar ignorar o nosso passado comum. Temos de o assumir e saber conviver com ele. E nesse sentido, nada melhor do que mostrar aos mais novos quem era, o que representou e o que fez António Oliveira Salazar enquanto ditador, para não voltarmos a cometer os mesmos erros no futuro do nosso país.



uma psicose de Luís Nogueira às 01:46
link directo | psicomentar | psicomentaram (10)

Acasos...

 

Sócrates esteve quatro anos em campanha eleitoral, mas a entrevista de hoje marca, a meu ver, o início de um ciclo que só termina no fim do ano. Calha mal, pela tão falada crise, que inflamará os discursos e estará sempre na ordem do dia.

 

A entrevista de hoje, à RTP (como não podia deixar de ser), foi a pior de todas as que assisti, desde que Sócrates assumiu responsabilidades no país.

Quatro anos de governo, escândalos, crise, eleições... Tanta coisa e de que se falou?

 

Uma hora de entrevista: 30 minutos para falar da crise e de medidas tomadas pelo Governo, 20 para falar da pretensa queda da cooperação estratégica com o Presidente da República, 10 minutos para o Freeport, sem sequer referir termos como "arguido".

 

A reter a postura do Primeiro-Ministro: Arrogante e prepotente. Roçou a indelicadeza, com Judite de Sousa.

Mandou a "directa" para Manuela Moura Guedes e o Jornal de Sexta, da TVI.

Anuncia medida residual para combater a crise, exaltada pelos jornalistas da RTP, no final, num flash interview.

Para o fim ficou a pérola, que dá o nome a este post:

José Alberto Carvalho: Sr. PM, no último mês processou nove jornalistas (interrompido)

José Sócrates: Não, peço desculpa mas isso é mentira! Eu processei nove cidadãos por difamação e injúrias. (...) Por acaso eram jornalistas.

 

E lá vamos, assobiando para o ar, rumo às eleições...



uma psicose de André S. Machado às 00:07
link directo | psicomentar | psicomentaram (8)

Terça-feira, 21 de Abril de 2009
Curso de SpeechWriting: Como Desenvolver um Discurso Político Persuasivo

Psico vai lançar mais uma acção de formação. “Como Desenvolver um Discurso Político Persuasivo” é o tema. Abreviadamente: Speech Writing.

 
Coordenado pelo Prof. Oliver Rohrich (ISCTE) e em parceria com a Punchline – Agência Criativa, este curso terá 3 módulos de 3 horas cada, a realizar nos dias 4, 11 e 18 de Maio (segundas-feiras), entre as 18.30h e as 21.30h, em Lisboa (junto ao Saldanha).
 
O Curso está projectado para apenas 15 participantes, seleccionados de entre os candidatos que formalizem a sua inscrição através do e-mail do Psico.
 
I - PROGRAMA
 
Módulo 1: Get ready!
- Diferentes tipos de discursos políticos
Diferenças de discurso baseadas em realidades culturais, sociais, regionais
7 Passos para a Excelência no Speech Writing
Análise do orador e da oratória
- Exemplos de discursos políticos com impacto
Action! - Análise de discursos dos participantes
 
Módulo 2: Develop it!
Enquadramento sistemático geral do discurso
Estrutura de um discurso
Storytelling
Uso de diferentes níveis de linguagens
O poder da linguagem visual
Criação de Símbolos
Uso de linguagem Milton / Linguagem hipnótica
Uso de pausas, pontuação
“Marking” do discurso para o orador
Action! - Melhoria dos discursos dos participantes
 
Módulo 3: Add excelence!
Os 4 Eixos da excelência!
Criação de identidades, soundbytes e punchlines
Diferentes meios linguísticos
Uso construtivo da Ironia
- Diferentes tipos de Metáforas
Uso de repetições
Aliteração
Uso de rimas
Elipse, Zeugma e Simplificação
Técnicas de paráfrase
Técnicas avançadas para criar suspense
Action! – Check final dos discursos dos participantes
 
 
II – MÉTODOS PEDAGÓGICOS USADOS
 
Mind / PNL
A nossa especialidade é a mente humana. No curso os participantes aprendem sobre os comportamentos humanos baseados no que acontece na mente. PNL é entendida como uma espécie de manual para o nosso cérebro.
 
Vídeo de excelência
Dentro do curso mostramos vídeos de discursos excelentes para os formandos poderem tirar ideias. Importante: Alguns dos vídeos são em inglês! Precisa-se um nível básico de inglês para a compreensão destes vídeos.
 
 
III - DURAÇÃO
 
Curso
3 módulos de 3 horas = 9 horas
Dias 4, 11 e 18 de Maio, entre as 18:30 e as 21:30 horas
 
 
IV - INSCRIÇÃO
 
Máximo de Participantes:
15 pessoas
 
Prazo Final de Candidatura:
Até dia 28 de Abril (terça-feira), às 19.00h
 
Valor da Inscrição:
100 €
Cada participante receberá um certificado
 
Organização:
Blog Psicolaranja (http://psicolaranja.blogs.sapo.pt)
 
Local:
Punchline, Lda (http://punchline.pt)
Av. Conde de Valbom, n.º 6, 3º Piso
Lisboa
 
Informações:
psicolaranja@gmail.com
 
 
V – FORMADOR: Oliver Rohrich
 
Actividade profissional
Formador e Coach na área comportamental e mudança organizacional
Coordenador do Programa de Desenvolvimento Pessoal do INDEG/ISCTE
Docente para o tema Personal Skills do Executive MBA da ISCTE Business School
Alguns clientes: Alcatel, Altran, Barclays, BES/ESI, Millennium BCP, Central de Cerveja, Netjets, PT SI, Mepha, Logic; Clientes em cursos abertos: Deutsche Bank, McDonalds, Unicre
 
Habilitações e Trainings
Licenciado em Gestão de empresas com especialização em desenvolvimento organizacional e estratégia
Master Certificate em Coaching sistémico
Certified Trainer em PNL  (John Grinder/Carmen Boston Sinclair/Michael Caroll)
Master Practitioner em PNL (University of Santa Cruz / NLPU /Robert Dilts)
Acreditado em MBTI (Myers-Briggs Type Indicator)
Certificado CAP
 
Publicações
- Co-Autor de “Gestão emocional de equipas em ambientes de projecto” (FCA)
- Autor do “Estudo Inovação em Portugal – Um estudo sobre os pressupostos do comportamento inovador em empresas e organizações” (Camara de Comério e Indústria Luso-Alemã)
- Autor do Livro de Recrutamento “Desafios – Da Universidade à Empresa”


uma psicose de Paulo Colaço às 15:08
editado por Essi Silva em 12/12/2012 às 08:58
link directo | psicomentar | psicomentaram (9)

Debate "Europeias"

       

  

 

Foi ontem no programa "Prós e Contras" o primeiro debate dos cabeças de lista com assento no Parlamento Europeu.

 

Debate vivo, mas com pouco "sumo".

 

Paulo Rangel com tiradas fortes e a falar sobre a governação socialista.

Vital Moreira de baixo nível, com respostas indecentes para um "Prof Catedrático".

Ilda Figueiredo a mesma cassete de sempre: "e a culpa é do PS, PSD e CDS"

Nuno Melo foi acutilante, muito forte para com Vital Moreira e quase cúmplice de Ilda.

Miguel Portas em bom nível, apontou o dedo a Vital por não se entender com Sócrates.

 

Debate vivo, e de facto interessante assistir à claque de apoio organizada liderada por Ana Gomes e Edite Estrela, uma histeria só.



uma psicose de Diogo Agostinho às 09:40
link directo | psicomentar | psicomentaram (36)

Um Presidente de verdade

A coabitação treme. Cavaco critica a política espectáculo e Sócrates diz não gostar da política de recadinhos.

Não sei de que se queixa o PM. Os portugueses sabem que Cavaco tem sido um Presidente sério: não se furta a apoiar iniciativas do Governo.

 

A verdade é que, quando toda a oposição e opinião pública quer palavras suas de desagrado, Cavaco tem sido fiel a si mesmo: "deixem trabalhar", parecia ele dizer.

 

Agora tem zurzido no lombo do Governo. Parece que aos olhos do senhor do fax, este Presidente já não serve. Infelizmente, o que não serve é o próprio PM.



uma psicose de Paulo Colaço às 02:24
link directo | psicomentar | psicomentaram (3)

Um desafio para Edite Estrela

Descubra as Diferenças:

 

 

Era uma vez uma notícia publicada pelo Público que, por acaso até é o jornal da campanha negra contra Sócrates, e que os socialistas não devem considerar como um órgão de comunicação social credível.

 

Era uma vez uma senhora que ficou famosa por dar lições de Português e que, ao ler essa notícia, resolveu tentar ficar famosa por dar também lições de moral.

 

O problema é que se fiou num jornal que tudo faz para prejudicar o seu partido e o seu grande timoneiro. E até aposto que eles inventaram esta mentira sobre negociatas no PSD só para ver se alguém do PS escorregava na casca de banana. A Dra. Edite foi a primeira e não se aguentou nos saltos altos... coitada.



uma psicose de Bruno Ribeiro às 02:05
link directo | psicomentar | psicomentaram (20)

Segunda-feira, 20 de Abril de 2009
Palhaçadas...


Ao que parece, o discurso do Presidente iraniano Ahmadinejad, foi interrompido por manifestantes, usando perucas e narizes vermelhos que lhe gritaram a palavra "racista!".

 

Registo a alteração em relação a outros manifestantes, como por exemplo os "anti-globalização" que tanto gostam de aparecer nas cimeiras internacionais mas que costumam utilizar outro tipo de adereços, como gorros, cachecóis a taparem a cara, cocktails-molotov e outras armas de arremesso. Olhando para os "palhaços" que se manifestaram contra Ahmadinejad, é caso para dizer que estes ao menos assumem-se!



uma psicose de Bruno Ribeiro às 16:14
link directo | psicomentar | psicomentaram (4)

Um exemplo de como cativar os jovens

 

A JSD/Cascais lançou este vídeo. Um exemplo simples e directo de apelo à participação dos jovens nos processos eleitorais deste ano.

 

Gostei da ideia. Assim dá gosto pertencer a esta estrutura. Mais um exemplo a juntar a tantos outros, Universidades, Formações, Campanhas...

 

Mas há dúvidas que é impossível comparar JSD com qualquer outra juventude partidária?



uma psicose de Diogo Agostinho às 14:44
link directo | psicomentar | psicomentaram (9)

20 anos depois de "Secos e Molhados"

No dia 21 de Abril de 1989 na Praça do Comércio em Lisboa, os polícias manifestaram-se pela melhoria das suas condições profissionais e salariais. Foi um episódio inédito, triste e que nunca deveria ter acontecido.

 

Quando amanhã passarem duas décadas desta ocorrência, é razão para perguntar: o que mudou? Estarão as Forças de Segurança com maior motivação do que antes? E o equipamento? Será o adequado às necessidades presentes? E a legislação? Defende e protege na integra, os responsáveis pela manutenção da ordem na sociedade civil?

 

Em vésperas de mais uma data que nos deveria fazer reflectir a todos, ficam aqui os principais argumentos que são apresentadas pela ASPP, na defesa dos direitos das policias e que motivarão uma manifestação no dia de amanhã. Isto porque o MAI há muito que se esqueceu, da importância das Forças de Segurança na manutenção da ordem e no garante da segurança nas ruas portuguesas.



uma psicose de Luís Nogueira às 12:43
link directo | psicomentar | psicomentaram (10)

O princípio do fim...

 

 

Esta música marca o início do fim de Sócrates...

 

Começou a queda...e reparem nos sinais, professores a manifestarem-se ao som dos Xutos, até Fernando Madrinha do Expresso coloca a hipótese de Manuela Ferreira Leite vencer as Legislativas.

 

Começou...com muita tranquilidade...



uma psicose de Diogo Agostinho às 12:12
link directo | psicomentar | psicomentaram (5)

Domingo, 19 de Abril de 2009
Por quem deus manda avisar...

Luís Filipe Menezes considera que “há pessoas no PSD que querem que Ferreira Leite tenha um mau resultado”. (in Público)



uma psicose de Paulo Colaço às 23:58
link directo | psicomentar | psicomentaram (9)

Chave de Ouro

Foi com Pedro Santana Lopes que os formandos terminaram os trabalhos.

Vivacidade, convicção, boa-forma e intimismo: eis as palavras usadas para descrever a apreciada postura do futuro Presidente da CML junto dos destinatários desta acção.
 
Falou de Lisboa, da sua visão, ouviu conselhos, acolheu ideias.
Santana Lopes é, sem dúvida, um Psico-Amigo.
Voltaremos a tê-lo em eventos nossos, seguramente.
 
No final, houve entrega de diplomas.
Ficam algumas imagens.
(ver mais imagens na galeria de imagens do Lisboa com Sentido)
 
 


uma psicose de Paulo Colaço às 03:33
link directo | psicomentar | psicomentaram (11)

Sábado, 18 de Abril de 2009
Agir, Agir, Agir!

Ao almoço, falou-se de agir localmente: em que mundo vive o autarca e que dificuldade enfrenta. Sobretudo o jovem autarca.

Rodrigo Saraiva e Afonso Costa partilharam experiências, em tom familiar.
 
Agir em campanha está a ser o tema da tarde.
José Matos Rosa fala dos complicados, exigentes e rigorosos preceitos das finanças eleitorais, e Luís Álvaro Campos Ferreira conta a sua experiência de Director de Campanha e Candidato.
 

Esta aula daria um tratado de campanhas eleitorais, abordadas sob a perspectiva da seriedade e da inteligência.



uma psicose de Paulo Colaço às 17:33
link directo | psicomentar | psicomentaram (1)

Manhã concluída

 

Ao mais alto nível, teve início esta formação que junta quadros da JSD de todo o País, incluindo alguns jovens independentes.
 
O Secretário-Geral do PSD e o Presidente da JSD deram ao Psico e aos formandos o gosto da sua presença, com palavras de incentivo à participação democrática, dentro de um quadro de qualificação e entrega.
 
Caro Dr. Marques Guedes e caro Pedro Rodrigues, obrigado pela vossa presença.
 
Terminado está também o cross-fire entre o Deputado Miguel Relvas e o Prof. Fausto Quadros. Debateram os novos rumos do Poder Local, com a picardia natural de quem se move em campos opostos na organização territorial do país. Aqui fica um abraço aos primeiros formadores.
 
Decorre neste momento o almoço-tertúlia de que daremos feed-back mais à frente.
  

tags:

uma psicose de Paulo Colaço às 13:49
editado por Essi Silva em 12/12/2012 às 08:58
link directo | psicomentar | psicomentaram (2)

I Psico-Formação: a Credenciação

A fila

O guichet

O Pereirinha com companheiros do Funchal



uma psicose de Paulo Colaço às 12:44
link directo | psicomentar | psicomentaram (2)

Mérito

Diz o DN (em notícia que reputam de excusiva) que a lista de Paulo Rangel às europeias tem como número 2 o Carlos Coelho.

Em terceiro lugar Teresa Morais, de Coimbra, Sérgio Marques como quarto, em quinto Mário David seguido de Regina Bastos, de Aveiro, Duarte Freitas em sétimo e em oitavo lugar da lista Joaquim Biancar.
 
Se esta info está correcta, quero aqui dizer que a Lista do PSD tem um grupo de grande qualidade, escolhido por quem dá importância ao mérito.


uma psicose de Paulo Colaço às 07:18
link directo | psicomentar | psicomentaram (11)

Revoltante

A TVI divulgou hoje as imagens de uma alegada reunião gravada por Alan Perkins, administador da Freeport, onde [segundo o Público] se vê Charles Smith, sócio da Smith & Pedro, contratada para tratar do licenciamento do “outlet” de Alcochete, reiterar que o actual PM, José Sócrates, “é corrupto”.



uma psicose de Paulo Colaço às 05:55
link directo | psicomentar | psicomentaram (4)

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.