Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013
Ó PS, não havia necessidade...

Então o representante do PS na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, actualmente encarregada das audições ao caso do visionamento pela Polícia das imagens da RTP sobre a violência e vandalismo à porta da Assembleia da República, é nada mais nada menos que Ricardo Rodrigues - sim! aquele deputado que roubou o gravador do jornalista que o entrevistava, quando não gostou das perguntas.

 

...

É uma escolha bizarra e que poderia ser vista como coincidência infeliz, não fora o facto de que a deputada Glória Araújo, aquela apanhada com excesso de álcool no sangue, era pela sua parte representante do PS na Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação; assim já começa a surgir um padrão mas ó PS, não havia necessidade...





uma psicose de Miguel Nunes Silva às 13:25
link directo | psicomentar

4 comentários:
De Guillaume Tell a 29 de Janeiro de 2013 às 13:55
De uma certa forma até tem lógica: se consideram que a Polícia roubou (em sentido largo) as imagens da comunicação social, o melhor é pedir a opinião de um especialista na matéria.


De Pedro Miguel Carvalho a 29 de Janeiro de 2013 às 13:58
Qual o conceito de ética do PS?


De Miguel Nunes Silva a 29 de Janeiro de 2013 às 14:02
De ética não sei, mas de hipocrisia já eu estou farto de os acusar...


De Hugo a 29 de Janeiro de 2013 às 14:49
Ui ui, sem querer defender o PS, mas o PSD nao tem moral absolutamente nenhuma para dar licoes de e*tica ou falta de hipocrisia seja a quem for.


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.