Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013
PCP perde o único activo que lhe restava

O respeito. O respeito que muitos nutriam pela sua coerência. O PCP podia ter uma visão errada da sociedade e estar perdido na história. Mas pelo menos era coerente. E depois saiu esta notícia referida aqui.

O grave desta notícia de que o PCP vai despedir pessoas é que vai contra tudo o que ele vem defendendo nos últimos anos. O PCP vai deixar pessoas na miséria, as suas famílias vão ter de fazer austeridade e tudo isto para quê? Face ao que defende para o Estado, várias questões exigem resposta. A saber:

  1. O PCP despede porque é obrigado, os outros despedem porque são demónios?
    Qual é a diferença entre o PCP e o Grande Capital?
  2. Porque não um banco de horas, em que os funcionários ficam sem fazer nada mas a receber?
    Porque não adopta as mesmas medidas que impõe ao Estado? Serão cidadãos de 2ª?
  3. Porque é que o PCP paga a quem ele deve, esses usuários?
    Porque é que o PCP não dá prioridade aos trabalhadores? Quando foi que mudou?
  4. "Uma efectiva contenção (...) nalguns casos de estrutura" quer dizer o quê?
    Alexandre Araújo usa agora linguagem nebulosa típica do patronato? Quando foi que mudou?
  5. Se o PCP resolve os seus problemas de financiamento despedindo pessoas, porque não podem os órgãos da administração local, que eu sei que muitos estão a definhar por estarem presos a despesas com pessoal superiores a 75% do Orçamento - em clara violação da Lei das Finanças Locais, que fixa o máximo de 50% - resolver o problema da mesma forma? Onde está a coerência?

Que o PCP é um partido retrógrado e sem qualquer noção de economia, já eu sabia.

Agora que desbarata assim a sua coerência e destrói famílias por obediência à austeridade, é que é novo para mim.



uma psicose de Ricardo Campelo de Magalhães às 11:00
link directo | psicomentar

1 comentário:
De Paulo Colaço a 4 de Janeiro de 2013 às 12:44
"O PCP é um partido retrógrado e sem qualquer noção de economia".
Subscrevo!


Comentar post

Notícias
Psico-Social

Psico-Destaques
Psicóticos
Arquivo

Leituras
tags
Subscrever feeds
Disclaimer
1- As declarações aqui pres-tadas são da exclusiva respon-sabilidade do respectivo autor.
2 - O Psicolaranja não se responsabiliza pelas declarações de terceiros produzidas neste espaço de debate.
3 - Quaisquer declarações produzidas que constituam ou possam constituir crime de qualquer natureza ou que, por qualquer motivo, possam ser consideradas ofensivas ao bom nome ou integridade de alguém pertencente ou não a este Blog são da exclusiva responsabilida-de de quem as produz, reser-vando-se o Conselho Editorial do Psicolaranja o direito de eliminar o comentário no caso de tais declarações se traduzirem por si só ou por indiciação, na prática de um ilícito criminal ou de outra natureza.